Info

Lar do Comércio em Leça do Balio nega acusações

| Norte
Porto Canal

Depois de várias irregularidades denunciadas pela Ordem dos Enfermeiros o Diretor do Lar do Comércio em Leça do Balio, Matosinhos, falou com o Porto Canal e nega todas as acusações.

Depois de em dezembro um utente se queixar de ter pago 50 mil euros para mudar de quarto, a Ordem dos Enfermeiros que veio denunciar a falta de condições daquele espaço como troca de medicação, uma casa de banho para 60 utentes com falta de condições de higiene. Em exclusivo ao Porto Canal, o Diretor do lar negou todas as acusações.

Durante a visita o Porto Canal pode ver que existe um consultório totalmente equipado onde os utentes têm acesso a médico dentista. No que diz respeito ao número de enfermneiros o lar admite que à noite está de serviço apenas um enfermeiro para 60 idosos dependentes porque segundo a responsável não há necessidade de mais.

Em relação à administração dos medicamentos a enfermagem nega que exista qualquer problema.

+ notícias: Norte

Lar de Vila Nova de Cerveira vive "calamidade" com todos os utentes infetados por Covid-19

O provedor da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, classificou hoje de "calamidade" a situação do lar Maria Luísa, com 66 utentes infetados com o vírus SARS-CoV-2, sendo que três estão hospitalizados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.