Info

UE apoia inovação em baterias de lítio com 3,2 mil ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 09 dez 2019 (Lusa) -- A Comissão Europeia aprovou hoje um financiamento de 3,2 mil milhões de euros para um projeto de um consórcio de sete países da União Europeia de desenvolvimento de baterias de lítio, com maior duração e amigas do ambiente.

Segundo um comunicado, Bruxelas aprovou ajudas de Estado no valor de 3,2 mil milhões de euros para um projeto de interesse comum europeu que envolve Alemanha, Bélgica, Finlândia, França, Itália, Polónia e Suécia, na área da investigação e inovação de prioridades comuns na área das baterias.

A Comissão Europeia espera que este financiamento público aprovado permita captar uma verba de cinco mil milhões de investimento privado, num horizonte temporal que se estende até 2031.

Um total de 17 participantes -- principalmente do setor industrial -- integram o projeto de desenvolvimento de tecnologias inovadoras e sustentáveis para baterias de iões de lítio que duram mais, carregam-se em menos tempo, são mais seguras e amigas do ambiente do que as usadas atualmente.

IG // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Covid-19: EasyJet vai cancelar voos de e para Itália

A easyJet vai cancelar alguns voos de e para Itália por causa dos casos do novo coronavírus detetados naquele país, que provocaram uma redução na procura e na taxa de ocupação dos voos, anunciou a companhia aérea britânica.

CGTP quer redução de horário laboral para 35 horas semanais para todos os trabalhadores

A CGTP defende a redução do horário de trabalho para 35 horas semanais para todos os trabalhadores, incluindo os do setor privado.

Manuel Pizarro promete estudar formas para angariar fundos europeus para a nova ala pediátrica do Hospital de São João

Manuel Pizarro promete estudar formas para angariar fundos comunitários que ajudem a construção da nova ala pediátrica do hospital de São João. O eurodeputado socialista esteve de visita à obra que esteve suspensa mais de dez anos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"A Amália Rodrigues mexeu...