Info

Promulgado diploma que cria juízos de competência especializada nos tribunais administrativos

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 07 dez 2019 (Lusa) -- O Presidente da República promulgou hoje o decreto-lei que cria os juízos de competência especializada, chamando a atenção "para a necessidade de alguma estabilização orgânica como condição para o próprio sucesso das reformas introduzidas".

Numa mensagem publicada hoje no 'site' da Presidência, lê-se que Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o diploma que procede à criação de juízos de competência especializada, nos termos do Estatuto dos Tribunais Administrativos e Fiscais, "concordando com a especialização visada".

No entanto, "o Presidente da República chama a atenção para a necessidade de alguma estabilização orgânica como condição para o próprio sucesso das reformas introduzidas".

O decreto-lei que cria os juízos de competência especializada, para responder ao volume processual e assegurar uma oferta judiciária mais adequada e eficiente, foi aprovado em 28 de novembro em Conselho de Ministros.

"Tendo por base a identificação dos tribunais administrativos de círculo e tribunais tributários com volume processual significativo nas áreas de competência dos juízos especializados, procede-se ao seu desdobramento para combater o aumento significativo das pendências nessas áreas e de modo a assegurar uma oferta judiciária mais adequada e eficiente onde ela se revela mais necessária", refere um comunicado sobre a reunião do Conselho de Ministros daquele dia.

O Governo realçou na altura a criação dos juízos de competência especializada administrativa de contratos públicos nos tribunais administrativos de círculo de Lisboa e do Porto, com jurisdição alargada sobre as áreas de jurisdição dos tribunais administrativos e fiscais limítrofes.

Tal solução - acrescentou - visa "adicionalmente assegurar a confiança necessária no domínio da economia e das finanças públicas, providenciando uma tramitação mais célere e especializada" daquele tipo de processos.

Para a concretização da medida pesou "não só a análise crítica dos dados estatísticos e empíricos disponíveis, que identificaram um elevado volume de processos nas áreas identificadas, mas também um estudo elaborado pelo Observatório da Justiça".

JRS (FC) // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: País

Professores vão lecionar outras disciplinas para colmatar falha de docentes

Os professores vão passar a dar aulas de uma disciplina diferente da sua formação para colmatar a falta de professores nas escolas. A Fenprof critica a forma como o Governo pretende resolver o problema da falta de professores.

Operação Nariz Vermelho avançou para MP com base em queixas da atuação do Kastelo

A Operação Nariz Vermelho apresentou queixa no Ministério Público (MP) contra a Associação NoMeioDoNada por suspeita de negligência e maus tratos na Casa do Kastelo "após tomada de conhecimento de alegadas situações que caso sejam comprovadas são inaceitáveis".

Mais de 70 medicamentos inovadores aprovados em Portugal só no ano passado

Mais de 70 novos medicamentos foram aprovados no ano passado em Portugal pela Autoridade do Medicamento, que conseguiu reduzir em mais de 200 milhões de euros as condições propostas pelas farmacêuticas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.