Info

PJ deteve dois suspeitos do crime de tráfico de pessoas em Vila Real

PJ deteve dois suspeitos do crime de tráfico de pessoas em Vila Real
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois comerciantes "fortemente indiciados" pela prática do crime de tráfico de pessoas, em Vila Real, e de manterem um homem de 36 anos a "viver em condições desumanas", anunciou hoje aquela força policial.

A polícia referiu que os detidos, durante os "dois últimos anos" e "mediante ameaças", mantiveram a vítima "a viver em condições desumanas e apropriaram-se das retribuições referentes ao seu trabalho na agricultura, nomeadamente nas vindimas, poda e apanha da castanha, que lhes foram pagas diretamente pelos vários empregadores".

Segundo disse a PJ, em comunicado, os arguidos são um homem e uma mulher com idades compreendidas entre os 46 anos e os 50 anos.

A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real e os comerciantes vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

A PJ remeteu para a tarde de hoje mais informações sobre o caso.

+ notícias: Norte

Estudante da CESPU infetada com Covid-19 leva quarenta alunos a ficar em quarentena

Uma aluna da CESPU, em Gandra, Paredes, testou positivo ao novo coronavirus e levou a que 40 estudantes que tiveram em contacto indiretamente estejam em quarentena.

Incendio em Famalicão consumiu parte de fábrica, dois camiões e está em fase de rescaldo

Um incêndio industrial em Ribeirão, no concelho de Famalicão, distrito de Braga, consumiu este domingo parte de uma unidade fabril e dois camiões que estavam no exterior da fábrica, e está em “fase de rescaldo”, apurou o Porto Canal no local.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.