Info

Roberto Mancini acredita que Cristiano Ronaldo vai pedir desculpa

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Roma, 11 nov 2019 (Lusa) -- O selecionador italiano Roberto Mancini foi hoje crítico em relação à atitude de Cristiano Ronaldo ao ser substituído na receção da Juventus ao AC Milan, no domingo, mas acredita que o futebolista português vai pedir desculpa.

"Só li o que se terá passado, não sei se isso corresponde à realidade. Acho que os jogadores devem sempre respeitar o treinador e seus companheiros de equipa. Acontece, às vezes, no calor do jogo, reagir-se mal a uma decisão do treinador, mas quem o faz sabe que cometeu um erro e por isso acabará por pedir desculpa", disse Mancini sobre a polémica substituição de Cristiano Ronaldo promovida por Maurizio Sarri no último Juventus-AC Milan.

O selecionador italiano abordou o tema durante a conferência de imprensa de lançamento da partida da Itália frente à Bósnia-Herzegovina, na cidade de Zenica, na sexta-feira, para o grupo J de qualificação para o Euro2020.

A Itália já garantiu o apuramento para a fase final do Euro2020, liderando o grupo J com 24 pontos, seguida da Finlândia, com 15, e da Arménia, com 10, enquanto a Bósnia-Herzegovina é quarta classificada, com os mesmos pontos dos arménios, e à frente da Grécia, com oito pontos, e do Liechtenstein, com apenas dois.

Entretanto, Cristiano Ronaldo tem passado, aparentemente, ao lado da polémica -- que já envolveu comentários do antigo selecionador italiano, Fábio Capello, e do antigo avançado inglês Gary Lineker --, ao limitar-se na sua conta de 'instagram' ao seguinte comentário: "Partida difícil, vitória importante."

No jogo 1.000 da carreira, Cristiano Ronaldo foi substituído aos 54 minutos frente ao AC Milan, no domingo, pelo argentino Paulo Dybala e, visivelmente agastado, saiu diretamente para os balneários sem cumprimentar ou dirigir qualquer palavra ao treinador ou aos companheiros de equipa.

De resto, o capitão da seleção portuguesa de futebol já tinha sido substituído na quarta-feira por Maurizio Sarri, em Moscovo, frente ao Lokomotiv, para a Liga dos Campeões, pelo mesmo Paulo Dybala.

No final do jogo frente ao AC Milan, Maurizio Sarri desvalorizou a reação de Cristiano Ronaldo, a quem até enalteceu por se ter sacrificado pela equipa, uma vez que, segundo ele, o avançado português padece há algumas semanas de uma pequena lesão no joelho contraída num treino que o tem condicionado na suas atuações.

JEC // VR

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

Presidente da República distingue seleção de futebol de praia campeã mundial

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu e distinguiu hoje a seleção portuguesa de futebol de praia, que se sagrou campeã mundial no domingo, ao vencer a congénere italiana na final da competição, disputada no Paraguai.

Atualizado 04-12-2019 11:41

Portugal vence Itália por 6-4 e leva terceiro título mundial de futebol de praia

Portugal sagrou-se hoje campeão do mundo de futebol de praia, ao vencer na final a Itália, por 6-4, em Assunção, repetindo os êxitos de 2001 e 2015.

Euro2020: Portugal integrado no grupo F, juntamente com França e Alemanha

A seleção portuguesa de futebol, detentora do título, ficou hoje inserida no grupo F do Campeonato Europeu de 2020, juntamente com Alemanha, França, campeã mundial, e uma seleção vinda do 'play-off', ditou o sorteio realizado em Bucareste.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.