Info

Pescadores açorianos passam a dispor de 228 toneladas de quota de goraz até fim do ano

| Economia
Porto Canal com Lusa

Ponta Delgada, Açores, 14 out 2019 (Lusa) -- Os pescadores açorianos passam a dispor de 228 toneladas de quota de goraz até ao final do ano, "devido a um acerto do consumo de quota" daquela espécie, anunciou hoje o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia.

"Os Açores ainda dispunham de 175 toneladas de quota de goraz, às quais se somam agora 53 toneladas, na sequência da publicação de um regulamento da Comissão Europeia que adiciona às quotas de pesca para 2019 quantidades não consumidas em 2018", segundo explica uma nota do executivo açoriano.

Citado na mesma nota, o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Gui Menezes, adianta que o Governo Regional, no seguimento desta notícia, decidiu aumentar o limite máximo de capturas de goraz permitidas por embarcação para 3% da quota global atribuída aos Açores para esta espécie.

De acordo com o despacho, que foi posto a consulta do setor e que deve ser publicado esta semana em Jornal Oficial, as embarcações açorianas passam a poder capturar, até ao final do ano, até um limite máximo de cerca de 17 toneladas de goraz.

Até agora, cada embarcação de pesca regional tinha como limite de captura 2% da quota total desta espécie para os Açores.

O titular da pasta do Mar nos Açores sublinhou que esta medida visa o "aproveitamento integral" das possibilidades de pesca para este ano.

"É no final do ano que o goraz atinge valores mais elevados na primeira venda, sobretudo no mercado espanhol", acrescentou o governante.

Segundo a Secretaria Regional do Mar, "a região consumiu, até à data, 391 das 566 toneladas que estavam disponíveis para este ano e que se traduzem em 5,2 milhões de euros na primeira venda".

APE // MCL

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Covid-19: Turismo do Porto e Norte "irritado" com exclusão de Portugal de lista do Reino Unido

O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) mostrou-se hoje "irritado" com o facto de Portugal ter ficado excluído dos "corredores de viagem internacionais" do Reino Unido, algo que espera que seja "rapidamente retificado".

Governo aprova resolução que reconhece interesse público no auxílio à TAP

O Governo aprovou hoje uma resolução que reconhece o interesse público subjacente à operação de auxílio à TAP no valor de até 1.200 milhões de euros, foi hoje anunciado, no final de uma reunião do Conselho de Ministros.

OE2020: Parlamento aprova por unanimidade prémio aos profissionais do SNS

Os deputados aprovaram hoje por unanimidade uma proposta do PSD que atribui um prémio de desempenho equivalente a 50% da remuneração aos trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e majoração das férias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.