PS acusa Governo de "falta de isenção" na marcação das eleições

| FC Porto
Porto Canal / Agências

Porto, 13 jun (Lusa) -- O PS acusou hoje o Governo de falta de isenção na marcação da data das eleições autárquicas, por ter escolhido "de acordo com os partidos que o apoiam", disse à Lusa o presidente dos autarcas socialistas.

"Este Governo quebrou a tradição de não manter a data de outubro, pela primeira vez, de não conseguir um consenso entre os diversos partidos e de decidir de acordo com os partidos que o apoiam, demonstrando uma falta de isenção preocupante", disse à Lusa Rui Solheiro.

O também secretário nacional das autarquias do PS manifestou assim a posição oficial do partido relativamente à decisão de hoje do Conselho de Ministros de marcar as eleições autárquicas para dia 29 de setembro.

"O PS e todos os partidos da oposição defenderam que as autárquicas se realizassem em outubro como sempre foi. O PSD e o PP, partidos apoiados no Governo, defenderam a sua antecipação para setembro. O Governo, ao decidir para setembro, está de facto a decidir em benefício próprio", criticou o presidente dos autarcas socialistas.

Por isso, acrescentou, "o PS tem que lamentar profundamente esta atitude do Governo e esta falta de isenção preocupante numa matéria tão importante como é uma data das eleições".

"Não há nenhuma razão para se antecipar e há razoes para manter a tradição e permitir que haja a maior participação das populações em todo o processo de esclarecimento que é a campanha eleitoral já num período pós-férias", alertou o socialista.

Para o PS, "o próprio ato eleitoral" devia realizar-se "na primeira quinzena de outubro, como sempre aconteceu", porque "permitia naturalmente uma maior participação eleitoral", algo que "deve ser uma preocupação de todos os partidos políticos e do próprio governo".

"Estas eleições sempre foram marcadas consensualmente entre os vários partidos políticos. Houve sempre consenso para se escolher a data eleitoral. Este Governo quebrou a tradição", lamentou.

ACG // SMA

Lusa/fim

+ notícias: FC Porto

FC Porto bateu o SL Benfica (65-47) e reduziu a desvantagem na final da Liga de Basquetebol

Ciente da responsabilidade que é envergar o brasão abençoado no Dragão Arena, a equipa de basquetebol do FC Porto recebeu e venceu o Benfica por 65-47 e recuperou parte do atraso trazido da capital fruto das duas derrotas no Pavilhão da Luz. De volta à Invicta sem margem de erro, e menos de 72 horas depois do segundo jogo em Lisboa, os portistas apresentaram-se revigorados e tiveram no duplo-duplo de Miguel Queiroz (16 pontos e 10 ressaltos) um dos catalisadores da primeira vitória na final do campeonato.

Treinador da natação do FC Porto prolonga contrato por mais dois anos

José Manuel Borges continuará como timoneiro da natação azul e branca até 2024. Chegado ao comando técnico do FC Porto em 2018 - depois de orientar atletas nas Olimpíadas de Atlanta (1996), Atenas (2004) e Londres (2012) -, o antigo nadador já havia representado o clube entre 1972 e 1980, período em que se sagrou campeão e recordista nacional. Acabado de prolongar vínculo por mais duas temporadas com o emblema de que é adepto e sócio, José Manuel Borges revelou o “orgulho” que sente por poder orientar “o clube em Portugal que disponibiliza melhores condições de preparação aos atletas”. “É um privilégio poder continuar este trabalho com o objetivo de continuar a evoluir e podermos ter mais atletas em competições de outro nível, nomeadamente nos Jogos Olímpicos”, declarou o treinador da natação portista.

Jorge Nuno Pinto da Costa: "As vitórias do FC Porto, de há uns anos para cá, têm sempre um bocadinho do IBB"

O Internationales Bakhaus Bodensee AG é uma entidade bancária alemã que foi essencial para o FC Porto numa altura difícil em que os bancos nacionais fecharam as portas ao clube. Aquando da entrega dos Dragões de Ouro 2021, em novembro do ano passado, o galardão para Parceiro do Ano foi entregue em mãos a Cristiano Faria, representante do IBB AG em Portugal. Nesta quarta-feira, na Tribuna Presidencial do Estádio do Dragão, Jorge Nuno Pinto da Costa repetiu o ato na presença de Heike Kemmner, que a administradora do banco germânico considerou “uma grande honra”. O presidente mais titulado do mundo, por sua vez, sublinhou que, “quando estamos de parabéns, o IBB também está de parabéns”.