Info

Ministro garante que serviços mínimos na greve dos transportadores terão dimensão "satisfatória"

| Economia
Porto Canal com Lusa

Entroncamento, Santarém, 24 jul 2019 (Lusa) - O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, assegurou hoje, no Entroncamento, que o Governo está "a trabalhar" na questão da greve dos trabalhadores dos transportes rodoviários e que os serviços mínimos "serão numa dimensão muito satisfatória".

Falando durante uma visita às oficinas da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), no Entroncamento, distrito de Santarém, o ministro afirmou não ter "a menor dúvida" de que será alcançada essa "dimensão satisfatória" de serviços mínimos durante a paralisação marcada pelos sindicatos dos trabalhadores dos transportes rodoviários para se iniciar a 12 de agosto.

Questionado sobre se, ao contrário do que sucedeu na greve de abril, será decretada requisição civil para todo o país, Pedro Nuno Santos afirmou que o Governo se está "a preparar" e que "nos momentos certos se saberá".

Repetindo várias vezes já ter proferido hoje de manhã, durante a visita às oficinas da EMEF em Guifões (Porto), declarações sobre a greve e não ser o momento certo para falar sobre o assunto, o ministro afirmou, contudo, que o Governo intervirá nesta como em outras áreas, já que o Estado deve "assumir as suas responsabilidades" em todas elas.

Os sindicatos dos motoristas que entregaram pré-aviso de greve com início em 12 de agosto e a associação das empresas transportadoras ANTRAM não chegaram a acordo para serviços mínimos, depois de reunião hoje na Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT).

"Há um trabalho para fazer na sede certa que não é nas oficinas da EMEF no Entroncamento. Será feito no tempo certo. Não vamos exagerar na atenção que se está a dar a esse tema. Estamos a trabalhar, estamos atentos e ninguém está a relaxar no que diz respeito a isso. Faremos aquilo que nos compete", declarou.

MLL // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Governo anuncia descontos nas portagens para utilizadores frequentes

A ministra da Coesão Territorial anunciou hoje, em Macedo de Cavaleiros, descontos nas portagens de sete autoestradas a partir do terceiro trimestre do ano para os "utilizadores frequentes".

Fisco dá mais um dia para validar faturas a deduzir no IRS

O Governo alargou por mais um dia, até ao final de hoje, a validação de faturas dedutíveis no IRS, decisão justificada por "constrangimentos temporários" no acesso ao portal de confirmação de faturas, segundo um aviso no Portal das Finanças.

Fectrans aponta inconformidades na aplicação do contrato coletivo e aciona formas de luta

A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) apontou hoje inconformidades na aplicação do contrato coletivo do setor e do acordo de cargas e descargas, pedindo a intervenção da tutela e tendo já em vista formas de luta.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"A Amália Rodrigues mexeu...