Info

Doentes oncológicos do hospital de Viseu iniciam tratamentos no IPO de Coimbra

Doentes oncológicos do hospital de Viseu iniciam tratamentos no IPO de Coimbra
| País
Porto Canal com Lusa

Os doentes oncológicos da região de Viseu vão passar a receber tratamento no IPO de Coimbra e em julho será contratado um médico, em regime de prestação de serviços, para o Centro Hospitalar Tondela - Viseu (CHTV), foi esta quinta-feira anunciado.

"Hoje, no decurso de uma reunião realizada com o IPO de Coimbra, ficou estabelecido que os doentes do CHTV vão poder iniciar os tratamentos de quimioterapia em Coimbra", anunciou Cílio Correia, o presidente daquele centro hospitalar.

A medida surge após de, na terça-feira, em comunicado conjunto, o Sindicato dos Médicos da Zona Centro, o Sindicato Independente dos Médicos e a secção regional do Centro da Ordem dos Médicos terem referido que a situação atingiu "o ponto de rutura e que os colegas oncologistas assumem a incapacidade de garantir a consulta e tratamentos de quimioterapia para novos doentes".

Cílio Correia afirmou que o serviço de oncologia do CHTV "está a funcionar, neste momento, com três oncologistas em permanência e com a colaboração de outro médico, uma vez por semana, em regime de prestação de serviços".

"A partir de julho, vamos proceder à contratação, também em regime de prestação de serviços, de outro oncologista, uma vez por semana. Com a procura sempre a aumentar, o conselho de administração tem vindo a executar medidas tentando sempre minimizar eventuais constrangimentos no funcionamento do serviço de oncologia", explicou.

Cílio Correia lembrou ainda que "está a decorrer um concurso para preenchimento de uma vaga em oncologia" e a administração do hospital está a "recorrer à contratação de especialistas em regime de prestação de serviços".

Na mesma reunião de hoje, o presidente do conselho de administração adiantou que "há necessidade de se estabelecer um protocolo" entre o CHTV e o IPO de Coimbra "de forma concreta e permanente".

Várias forças políticas, locais e regionais, exigiram nos últimos dias o regresso à normalidade do serviço de oncologia do CHTV.

+ notícias: País

Número de feridos sobre para 20 no distrito de Castelo Branco

O ministro da Administração Interna indicou hoje que subiu para 20 o número de feridos nos incêndios que lavram desde a tarde de sábado no distrito de Castelo Branco e que se propagaram a Mação, distrito de Santarém.

Tecnologia 'morta' nas esquadras impede PSP e GNR de ceder à base de dados de informação policial

Milhares de computadores das esquadras da PSP e da GNR estão sem acesso à base de dados do sistema de informações. Tudo porque são antigos e não suportam a última atualização do Sistema. O Governo desmente.

GNR aumentou psicólogos e faz reavaliação psicológica ao efetivo

 A GNR aumentou o número de psicólogos e de psiquiatras ao serviço dos militares da corporação e está a realizar uma reavaliação psicológica do efetivo como medida de prevenção do suicídio.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS