Durão Barroso "desapontado" com a falta de crescimento na UE

Durão Barroso "desapontado" com a falta de crescimento na UE
| Política
Porto Canal

O presidente da Comissão Europeia afirmou hoje, em Bruxelas, estar "desapontado" com a falta de crescimento económico na União Europeia (UE) e apelou aos Estados-membros "mais vulneráveis" para que continuem a concretizar reformas."Ficamos sempre desapontados quando os resultados económicos" são abaixo das nossas expectativas, afirmou José Manuel Durão Barroso durante uma conferência de imprensa conjunta com o Presidente francês, quando lhe foi perguntado se estava desapontado com os dados económicos divulgados hoje pelo Eurostat.

De acordo com o gabinete de estatística da União Europeia, a economia da zona euro voltou a encolher no primeiro trimestre deste ano, prolongando a recessão, com o Produto Interno Bruto (PIB) a cair 0,2% em relação aos três meses anteriores, e a recuar 1% em comparação com o período homólogo.

Já no conjunto dos 27 Estados-membros, o PIB recuou 0,1% em termos de variação em cadeia e 0,7% em termos homólogos.

Ainda na resposta à questão, Durão Barroso afirmou que estão a ser feitos progressos em termos de consolidação orçamental, ao contrário do que acontece relativamente ao emprego.

"Onde não estamos a fazer progressos é no emprego e no crescimento e aí estamos desapontados", disse.

O presidente do executivo comunitário defendeu ainda que os países "mais vulneráveis" e que "estão sob uma grande pressão dos mercados devem prosseguir os seus esforços de correção dos desequilíbrios das finanças públicas.

Nas suas últimas previsões económicas, divulgadas a 03 de maio, a Comissão Europeia projeta, para este ano, contrações de 0,4% na zona euro e de 0,1% na UE.

+ notícias: Política

Manuel Pizarro renuncia cargo da empresa da qual era sócio-gerente

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, renunciou o cargo da empresa na área da saúde da qual era sócio-gerente. Segundo avança a 'SIC Notícias', o gabinete do atual ministro da Saúde adiantou que a "empresa em causa irá dar continuidade ao processo de dissolução".

CNE diz que propaganda política é “livre” e vê possível crime da Câmara de Lisboa

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considera que a atividade de propaganda política é “livre” em locais públicos e que a retirada de ‘outdoors’ em Lisboa por parte da Câmara Municipal pode constituir crime.

Marcelo anuncia próxima reunião do Grupo de Arraiolos para 05 e 06 de outubro no Porto

O Presidente da República anunciou esta quinta-feira que a 18.ª reunião do Grupo de Arraiolos, que junta anualmente chefes de Estado não executivos da União Europeia, se irá realizar em 05 e 06 de outubro do próximo ano, no Porto.