Portugal vence o Canadá para a Liga Mundial de voleibol

| Desporto
Porto Canal / Agências

Mississauga, Canadá, 09 jun (Lusa) - A seleção portuguesa de voleibol conquistou hoje a segunda vitória na presente edição da Liga Mundial ao derrotar o Canadá, por 3-1, em jogo referente ao Grupo C da fase intercontinental, disputado em Mississauga.

Portugal, que na véspera tinha perdido frente à mesma seleção do Canadá no primeiro dos dois encontros da jornada dupla, por 3-0, venceu pelos parciais de 25-19 (24 minutos), 20-25 (30), 25-18 (27) e 25-23 (30).

Apresentando a mesma formação, com Alexandre Ferreira, Nuno Pinheiro, João José, Rui Santos, Valdir Sequeira, André Lopes e João Coelho a libero, a seleção lusa foi superior nas várias ações de jogo, com destaque para o ataque, bloco e serviço.

O bloco do Canadá, que tinha sido um dos trunfos do jogo de véspera, foi praticamente inexistente no primeiro "set", em que Portugal, com uma exibição convincente, disparou no marcador com uma sequência de cinco pontos consecutivos (12-07).

Com três serviços diretos e dois pontos no bloco, contra apenas um dos canadianos, a seleção lusa conquistou uma vantagem de sete pontos, aos 19-12, que geriu e lhe permitiu "fechar" o parcial aos 25-19, em 24 minutos.

O Canadá melhorou substancialmente no segundo "set", em que a seleção lusa cometeu mais erros do que no primeiro, e atingiu o primeiro tempo técnico a vencer por 08-06, fruto da melhoria do bloco.

Portugal reagiu e anulou a vantagem do Canadá com um parcial de seis pontos consecutivos, dos 8-11 aos 14-11, num dos períodos de maior acerto da equipa lusa, que chegou ao segundo tempo técnico a vencer por 16-13.

Já depois de estar a vencer por quatro pontos (18-14), Portugal "bloqueou" e permitiu ao Canadá anular a diferença com um parcial de quatro pontos consecutivos (18-18) e voltar à discussão do triunfo no "set".

Rudy Verhoeff saiu do banco do Canadá para, principalmente nas ações de bloco e serviço, "empurrar" a sua equipa, que venceu o segundo parcial por 25-20, em 30 minutos, concretizando cinco pontos seguidos, perante os atordoados portugueses.

Para o terceiro "set", a seleção do Canadá manteve apenas dois jogadores da formação inicial, na tentativa de variar e diversificar jogo, mas foram os portugueses que voltaram a tomar o controlo.

Portugal, que voltou a melhorar no bloco e serviço, atingiu os tempos técnicos em vantagem (08-07 e 16-11) e manteve o Canadá a uma confortável distância média de cinco pontos, que lhe permitiu vencer o "set" aos 25-18, em 27 minutos.

Com o "capitão" João José imparável, os seus 16 pontos só seriam superados por Alexandre Ferreira (17), a seleção lusa entrou decidida a encerrar o jogo com a vitória no quarto parcial.

O equilíbrio rondou a parte inicial do "set", em que a primeira vez que uma equipa se distanciou dois pontos foi quando Portugal atingiu o primeiro tempo técnico a vencer por 08-06.

A seleção portuguesa abriu a vantagem para três pontos à passagem pelo segundo tempo técnico (16-13), com destaque para ações decisivas de Alexandre Ferreira e André Lopes, mas deixou-se apanhar pela reação dos canadianos que empataram aos 17-17.

Portugal voltou a tentar "descolar", conseguindo duas vezes, uma por Alexandre Ferreira e outra por João José, alcançar uma preciosa vantagem de dois pontos, que geriu até ao final do jogo, que terminou com o triunfo no quarto "set" por 25-23, em 30 minutos, com um erro da seleção do Canadá.

A seleção portuguesa soma até ao momento duas vitórias em quatro jogos disputados fora na fase intercontinental da Liga Mundial, frente à Finlândia, em Helsínquia, na primeira jornada, e ao Canadá, em Mississauga.

APS // PNE.

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

PSP suspeita de No Name Boys nos desacatos em Guimarães. Investigações já estão em curso

23 portugueses foram identificados pela Polícia de Segurança Pública na sequência das perturbações na cidade por parte de adeptos do Hajduk Split. O Porto Canal avançou em primeira mão que estes portugueses se tratavam de membros da claque No Name Boys. Agora, o jornal PÚBLICO confirma que a PSP já iniciou investigações ao grupo benfiquista.

SC Tomar vai ser adversário do FC Porto na Elite Cup 

Os Campeões Nacionais de Hóquei em Patins conheceram, esta quarta-feira, o adversário para a Elite Cup: o SC Tomar. 

Adeptos croatas destroem Centro Histórico de Guimarães. Autarca da cidade contesta atuação da polícia

Foram identificados pelas autoridades 154 adeptos, entre simpatizantes do clube croata Hadjuk Split e 23 portugueses, na sequência dos desacatos que ocorreram, na noite de terça-feira, na cidade de Guimarães e que se prolongaram até à cidade do Porto.