"Dificilmente Portugal podia começar melhor" Europeu de maratonas - selecionador

| Desporto
Porto Canal / Agências

Prado, Vila Verde, 07 jun (Lusa) - O selecionador português, Rui Câncio, considerou hoje que "dificilmente Portugal podia começar melhor" os Europeus de maratonas de canoagem, com três medalhas na estreia na prova que decorre até domingo no Rio Cávado, em Prado, Vila Verde.

"Penso que dificilmente poderíamos começar melhor. Três medalhas, uma de ouro, mais prata e bronze. Dificilmente as nossas melhores expectativas seriam tão altas. Longe de nós pensar em tal coisa num primeiro dia", admitiu Rui Câncio, à agência Lusa.

Em sub-23, Rui Lacerda é o novo campeão da Europa C1, enquanto Samuel Amorim, com quem andou isolado boa parte da prova, é "vice" após ter abdicado do "sprint" final. O júnior Miguel Rodrigues garantiu o bronze em K1.

Rui Câncio espera mais pódios, a começar no sábado pelo campeão da Europa José Ramalho (K1): "É claramente candidato a uma medalha, mas a prova é muito aberta, pois tem quatro campeões do Mundo e um 'vice', que é ele. Vai ser competição disputada de início ao fim, até aos últimos metros".

"No domingo, acredito que a C2 [Rui Lacerda/Samuel Amorim] nos poderá também trazer mais uma medalha. E os juniores são sempre uma incógnita, pois todos os anos há uma renovação e não sabemos como as coisas podem acontecer. Temos atletas com nível e vamos acreditar em surpresa agradável", concluiu.

O presidente da federação, Mário Santos, falou em "dia extremamente positivo", considerando-as uma "prova evidente de excelente nível da canoagem e da capacidade dos atletas portugueses nos momentos importantes conseguir superar-se e lutar com os melhores".

"Felizmente têm-nos habituado a isso e nos próximos dias perspetiva-se que vão continuar a superar-se e a fazer cumprir a realidade da canoagem portuguesa, que é lutar pelos lugares de pódio", completou.

RBA // NFO

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

PSP suspeita de No Name Boys nos desacatos em Guimarães. Investigações já estão em curso

23 portugueses foram identificados pela Polícia de Segurança Pública na sequência das perturbações na cidade por parte de adeptos do Hajduk Split. O Porto Canal avançou em primeira mão que estes portugueses se tratavam de membros da claque No Name Boys. Agora, o jornal PÚBLICO confirma que a PSP já iniciou investigações ao grupo benfiquista.

SC Tomar vai ser adversário do FC Porto na Elite Cup 

Os Campeões Nacionais de Hóquei em Patins conheceram, esta quarta-feira, o adversário para a Elite Cup: o SC Tomar. 

Adeptos croatas destroem Centro Histórico de Guimarães. Autarca da cidade contesta atuação da polícia

Foram identificados pelas autoridades 154 adeptos, entre simpatizantes do clube croata Hadjuk Split e 23 portugueses, na sequência dos desacatos que ocorreram, na noite de terça-feira, na cidade de Guimarães e que se prolongaram até à cidade do Porto.