Cinco feridos das explosões de Penacova foram operados

| País
Porto Canal com Lusa

Coimbra, 05 abr (Lusa) -- Cinco dos feridos resultantes das explosões pirotécnicas num recinto de festas em Penacova foram operados no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e mantêm-se internados, assim como um outro, disse hoje fonte hospitalar.

Uma pessoa morreu na sequência destas explosões em Gondelim e outras 30 foram assistidas em hospitais.

"Deram entrada no Serviço de Urgências do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) 30 doentes, provenientes de explosão em Gondelim, Penacova, ocorrida ontem [quarta-feira], dia 4 de abril. Destes, 24 doentes já tiveram alta, 19 adultos e 5 crianças", lê-se numa nota de imprensa.

De acordo com a informação, "seis doentes estão internados em vários serviços clínicos, cinco dos quais foram operados".

"Um doente está no Serviço de Medicina Intensiva, ventilado e entubado; um doente está no Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados, ventilado e entubado; um doente está no Serviço de Cirurgia Maxilo-Facial, um doente está no Serviço de Ortopedia, um doente está no Serviço de Urologia e Transplantação Renal, e um doente mantém-se ainda no Serviço de Urgência, em observação", conclui a informação.

A PJ e a PSP estão a investigar as causas destas explosões, que ocorreram durante a missa que precedia uma procissão.

SSS // MLS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Futura sede da TAP pode vir a custar 3,8 milhões/ano. Pilotos criticam mudança

O sindicato dos Pilotos da Aviação Civil acusou, esta quinta-feira, a gestão da TAP de “desperdiçar” as receitas do verão com “milhões de erros” cometidos ao longo do ano. Um deles é, segundo a estrutura sindical, o “gasto desnecessário com a mudança da sede da empresa do Aeroporto de Lisboa para o Parque das Nações. Um dos edifícios na mira da companhia aérea nacional tem uma renda anual de quase 4 milhões de euros.

Vida e obra de Luís Ferreira Alves: o pioneiro na fotografia de arquitetura em Portugal

Luís Ferreira Alves, pioneiro na fotografia de arquitetura em Portugal, impulsionou a evolução desta arte desde a década de 80, acarinhado e reconhecido no meio, morreu em Julho aos 84 anos.

Sindicato dos Pilotos da Aviação acusa a TAP de "milhões de erros" 

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil acusa a TAP de desperdiçar as receitas do verão com milhões de erros ao longo ano. Entre os principais problemas apontados pela estrutura está a contratação externa de serviços a várias companhias áreas, num valor superior a 200 milhões de euros.