Inspeção-Geral da Saúde vai averiguar contágio em Cascais

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 21 abr (Lusa) -- A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) vai iniciar uma averiguação sobre os casos de contágio de sarampo no Hospital de Cascais, anunciou hoje o ministro da Saúde.

Adalberto Campos Fernandes falava aos jornalistas à margem da cerimónia que assinala a colocação de equipamentos rádios Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) no Hospital de Santa Maria, onde disse ter falado com a inspetora-geral das Atividades em Saúde sobre o assunto.

Vários casos de sarampo foram registados no Hospital de Cascais, entre os quais profissionais de saúde que terão sido contaminados por uma criança doente que não estava vacinada e ali foi internada, e uma jovem que, devido ao agravamento do estado de saúde, foi mais tarde transferida para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, onde acabou por falecer na quarta-feira.

Até ao momento foram registados 21 casos de sarampo no surto epidémico que afeta Portugal.

ARP (SMM) // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: País

Manuel Magina da Silva reconduzido no cargo de diretor nacional da PSP

O Governo reconduziu no cargo o diretor nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), superintendente-chefe Manuel Magina da Silva, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna (MAI).

Jornada Mundial da Juventude vai custar à Igreja pelo menos 80 milhões

O orçamento da igreja para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) ainda não está fechado, mas será divulgado nos próximos dias, tendo já um valor provisório superior a 80 milhões de euros, adiantou esta quinta-feira o bispo coordenador do evento.

Sindicato da PSP volta a alertar para “más condições de trabalho” em esquadras

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) denunciou esta quinta-feira “mais uma vez” as “más condições de trabalho em muitas esquadras e outras instalações da Polícia de Segurança Pública”, como na região do Porto ou no Aeroporto de Lisboa.