Info

Todas as distritais e secções do Partido Socialista com livros de condolências

Todas as distritais e secções do Partido Socialista com livros de condolências
ps
| País
Porto Canal com Lusa

Todas as distritais e secções do Partido Socialista espalhadas pelo país colocaram à disposição livros de condolências para as pessoas poderem prestar uma última homenagem ao antigo Presidente da República Mário Soares, falecido no sábado.

Fonte do PS avançou à Lusa a informação de que à semelhança do que acontece desde domingo no Largo do Rato, na sede nacional do Partido Socialista, foram colocados por todas as distritais e secções do partido livros de condolências.

Alguns milhares de pessoas passaram desde a manhã de domingo pela sede do PS, em Lisboa, para assinar o livro de condolências pela morte de Mário Soares, fundador do Partido Socialista.

Mário Soares morreu no sábado Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde esteve internado 26 dias, desde 13 de dezembro.

O Governo decretou três dias de luto nacional, entre hoje e quarta-feira.

O cortejo fúnebre de Mário Soares arrancou cerca das 11:05, da sua residência no Campo Grande, em Lisboa, após ter sido recebido com aplausos por centenas de populares.

Entre os populares ouvia-se: "Soares é fixe".

O carro funerário com o corpo do antigo Presidente da Republica Mário Soares permaneceu cerca de cinco minutos junto da casa onde residiu, tendo arrancado depois para o cortejo que percorrerá as principais ruas do centro de Lisboa.

O corpo do antigo Presidente da República vai estar em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos a partir das 13:00 de segunda-feira, e o funeral realiza-se a partir das 15:30 de terça-feira, no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi fundador e primeiro líder do PS.

+ notícias: País

Covid-19: Portugal com 56.426 infeções, novo máximo em 24 horas. 34 pessoas morreram

Portugal registou 56.426 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 34 mortes associadas à covid-19, indicam números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Livro "Milhões a voar" critica injeção na TAP

O novo livro "Milhões a voar" de André Pinção Lucas e Carlos Guimarães Pinto, critica a injeção da TAP e desmonta sete falácias a favor do investimento público. Em declarações ao Porto Canal, André Pinção Lucas, autor do livro, considerou a TAP como "um novo banco com asas" e diz que o valor injetado é "chocante".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS