MPLA recorda "insigne figura da vida política portuguesa"

| País
Porto Canal com Lusa

Luanda, 08 jan (Lusa) - O Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), partido no poder desde 1975, recordou hoje Mário Soares como uma "insigne figura da vida política portuguesa".

A posição está expressa numa curta nota de condolências do Bureau Político do Comité Central do MPLA, liderado pelo também chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, sobre a morte do antigo Presidente português, ocorrida no sábado, em Lisboa.

"Neste momento de dor e de luto, o Bureau Político do Comité Central do MPLA inclina-se perante a memória do doutor Mário Soares e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do partido, endereça ao Partido Socialista de Portugal e, através deste, à família enlutada as suas mais sentidas condolências", lê-se na mesma nota.

Mário Soares morreu no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado há 26 dias, desde 13 de dezembro.

O Governo decretou três dias de luto nacional, a partir de segunda-feira.

O corpo do antigo Presidente da República vai estar em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos a partir das 13:00 de segunda-feira, e o funeral de Estado realiza-se a partir das 15:30 de terça-feira, no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi fundador e primeiro líder do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996.

PVJ// ZO

Lusa/Fim

+ notícias: País

Câmara de Lisboa tem 236 advogados, mas encomenda novo regulamento de trotinetes por ajuste direto

De acordo com o mapa de pessoal para 2022, a Câmara de Lisboa conta nos seus quadros com 342 vagas para advogados, das quais 236 estão atualmente ocupadas. Nem por isso a autarquia entendeu ter recursos próprios suficientes para a elaboração do novo regulamento para a Mobilidade Partilhada e para outros modos de mobilidade sustentável na cidade de Lisboa.

João Ferreira vence quarta prova do Nacional de todo-o-terreno

A dupla João Ferreira/David Monteiro (Mini) venceu este domingo a Baja TT Sharish, em Reguengos de Monsaraz, e reforçou a liderança do Campeonato de Portugal de todo-o-terreno em automóveis.

Nova estrutura da proteção civil? MAI afirma que bombeiros vão cumprir, apesar de discordarem

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, desvalorizou este domingo a discordância da Liga dos Bombeiros quanto à integração destes operacionais na nova estrutura da proteção civil, considerando que os bombeiros irão cumprir a lei em vigor.