Info

George Michael morreu vítima de falha cardíaca

George Michael morreu vítima de falha cardíaca
| Mundo
Porto Canal com Lusa

O músico britânico George Michael morreu vítima de falha cardíaca, revelou hoje à BBC o seu agente, Michael Lipman.

O 'site' da BBC online divulgou esta manhã que o músico morreu devido a uma falha cardíaca, de acordo com informação do seu agente Michael Lipman, que anunciara ao final da noite de domingo que o cantar tinha morrido nesse dia "serenamente em casa", em Oxfordshire, no Reino Unido.

O seu antigo companheiro de banda nos Wham, Andrew Ridfeley, disse entretanto, através da rede social Twitter, sentir-se "destroçado" com a perda do seu "querido amigo".

No seu 'tweet', Ridfeley escreveu ainda referindo-se a George Michael com o nome familiar 'Yog': "Eu, os seus mais queridos, os seus amigos, o mundo da música, todo o mundo [estamos destroçados]".

Também Sir Elton John lamentou a morte do seu amigo, colocando no Instagram uma fotografia dos dois cuja legenda revela: "Estou em choque profundo. Perdi um amigo querido -- a alma mais gentil, generosa e um brilhante artista. O meu coração está com a sua família e os seus fãs".

A família de George Michael, 53 anos, anunciou a sua morte com uma declaração emitida pelo seu agente: "É com grande tristeza que podemos confirmar que o nosso amado filho, irmão e amigo George Michael morreu em paz em casa durante o período de Natal".

De acordo com o seu agente, a família "pede que a sua privacidade seja respeitada neste momento difícil e emotivo", avançando que não haverá mais comentários nesta fase.

Uma ambulância foi chamada à propriedade de George Michael pelas 13:42. A polícia de Thames Valley foi igualmente chamada ao local onde foi confirmada a sua morte.

As autoridades avançaram que "a morte do músico está a ser tratada como inexplicada, mas não suspeita, sendo esclarecida no devido tempo".

George Michael é o nome artístico de Georgios Kyriacos Panayiotou, músico britânico de ascendência grega que integrou o duo Wham, com Andrew Ridgeley, e se destacou também a solo na música pop, tendo vendido mais de cem milhões de discos ao longo de quase quatro décadas.

Com os Wham atingiu o número um do top do Reino Unido em quatro ocasiões, sendo"Last Christmas" uma das músicas mais conhecidas e mais duradora no tempo, sendo atualmente o número 16 no top dos 'singles' do Reino Unido.

A canção foi originalmente lançada em 1984 e é o 'single' com maior número de vendas que não chegou ao número um das tabelas.

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Covid-19: OMS recomenda reforço com vacina da Pfizer em menores de 12 anos

Copenhaga, 21 jan 2022 (Lusa)- O comité de peritos assessor da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou hoje que seja alargada a administração de uma dose reduzida da vacina da Pfizer-BioNTech contra a covid-19 a crianças dos 5 aos 11 anos.

Nuclear: Irão negoceia com Rússia extensão de central em Bushehr

Teerão, 21 jan 2022 (Lusa) -- O Irão está a negociar com a Rússia a construção de duas novas unidades de produção na única central nuclear do país, anunciou hoje um funcionário da Organização de Energia Atómica (AEIO) do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.