Professor português participou em estudo que avaliou biodiversidade em 44 países

| País
Porto Canal com Lusa

Viseu, 25 out (Lusa) - Um professor português integrou um grupo de cerca de 80 investigadores que realizaram um estudo alargado sobre biodiversidade e produtividade das florestas, em que foram observadas mais de 770 mil parcelas de 44 países.

Helder Viana, docente da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viseu, foi o único português a integrar o grupo de pesquisa internacional Global Forest Biodiversity Initiative, que desenvolveu o estudo que vem apresentar dados e conclusões sobre a relação entre a variedade de espécies de árvores num mesmo ecossistema e a produtividade desse ecossistema.

O estudo, publicado na edição de outubro da revista Science, "traz uma avaliação feita em parcelas de floresta de 44 países, que permitiu chegar à conclusão que a biodiversidade tem uma influência tremenda na produtividade", sublinhou o investigador português.

Com base em mais de 777 mil parcelas de inventário, em 44 países com mais de 30 milhões de árvores de 8.737 espécies, neste trabalho comparou-se a evolução da produtividade em volume das árvores, em função da riqueza em espécies.

"Os resultados mostram uma relação positiva consistente da biodiversidade na produtividade florestal em todo o mundo, mostrando que a perda de biodiversidade continua resultaria num declínio da produtividade florestal em todo o mundo", referiu.

Com este estudo, constata-se que a relação biodiversidade/produtividade apresenta uma variação geoespacial considerável em todo o mundo.

A mesma percentagem de perda de biodiversidade levaria a um maior (ou seja, percentual) declínio relativo da produtividade nas florestas boreais da América do Norte, Nordeste Europa, Sibéria Central, Leste da Ásia e regiões dispersas de Sul-África Central e do Sul-Ásia Central.

Na Amazónia, África Ocidental e Sudeste, Sul da China, Myanmar, Nepal e do arquipélago malaio, no entanto, o mesmo percentual de perda de biodiversidade levaria a uma maior declínio absoluto da produtividade.

Helder Viana, diretor do Departamento de Ecologia e Agricultura Sustentável da Escola Superior Agrária de Viseu, possui vários artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais e participa em inúmeros projetos em Portugal e em diversos países.

CMM // SSS

Lusa/fim

+ notícias: País

Descentralização na ação social aprovada com reforço de 35 milhões de euros. Prazo limite adiado para 3 de abril

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e o Governo chegaram, esta terça-feira, a acordo no processo de descentralização de competências para a área da Ação Social, após o Governo ter anunciado um aumento da verba anual a transferir para as autarquias de 56,1 milhões de euros para 90,8 milhões.

Ministério da Defesa Nacional. É tempo de esperar "serenamente", vinca Marcelo sobre investigações

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou que se deve aguardar o resultado da investigação que envolve o Ministério da Defesa Nacional "serenamente, sem formular juízos prévios".

Diretor da PSP convicto de que “não há racismo estrutural” na PSP

O diretor nacional da Polícia de Segurança Pública manifestou-se, esta terça-feira, convicto de que “não há racismo estrutural” na PSP, considerando que a esmagadora maioria dos polícias “não é racista, nem extremista”.