Paulo Paixão: "A vacinação está com uma taxa de 25%, mas para conter ainda não é suficiente, é inevitável recuar"

| Porto Canal

Paulo Paixão, Presidente da Sociedade Portuguesa de Virologia, afirma que "o que está agora a acontecer tem de ter um travão, já que a vainação está com uma taxa dee 25%, está-nos a ajudar relativamente aos casos graves (de Covid-19), mas para conter ainda não é suficiente, é inevitável recuar".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.