Eduardo Vítor Rodrigues: "Ao fim de 50 anos, a democracia portuguesa ou é imatura ou está podre"

| Porto Canal

Eduardo Vítor Rodrigues, autarca de Vila Nova de Gaia, afirma, em reação à polémica na nomeação de Pedro Adão e Silva para presidir à Comissão Executiva das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, que "ao fim de 50 anos, a democracia portuguesa ou é imatura ou está podre".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.