O Porto Canal

Perto de si

Montalegre

Há 3500/4000 anos, os nossos mais recentes antepassados, manifestando preocupações com o que haverá para além da morte, ergueram rudes monumentos funerários como as antas da Mourela e da Veiga ou as cistas da Vila da Ponte. Estes vestígios juntam-se a tantos outros que provam que a área do concelho de Montalegre já era povoada na época dos metais a fazer fé nesses vestígios que nos chegam da longínqua pré-história.

O povoamento deste território é depois feito pelos Celtas que erguem castros em número pelo menos igual ao das povoações do concelho. Com a chegada dos romanos, a região é atravessada pela via imperial e pontes, altura em que são também romanizados alguns castros. Existiram, fundadamente, nesta região, cidades romanas: Praesidium (em Vila da Ponte, identificada popularmente como Sabaraz) e Caladunum (em Cervos), das quais há alguns vestígios.
Dos Mouros não há indícios documentais que atestem a sua presença, exceptuando a tradição oral que lhes atribui tudo quanto de extraordinário e antiquíssimo existe.

Com o nascimento da nacionalidade, D. Afonso Henriques doou porções de terra ou coutos onde floresceram albergarias (Salto), hospitais (Vilar de Perdizes e Dornelas) ou mosteiros (Pitões). Sendo uma zona de fronteira com o reino da Galiza, são erguidos com preocupações defensivas os castelos de Gerês e Piconha e mais tarde do Portelo e de Montalegre. São atribuídos forais a Tourém, provavelmente por D. Sancho I em 1187, como cabeça das Terras da Piconha. Só em 9 de 1273 é que D. Afonso III, em carta de foral, funda a vila de Montalegre e o respectivo alcácer tornando-se cabeça das Terras de Barroso. Este foral é depois confirmado por D. Dinis em 1289, D. Afonso IV em 1340, D. João II em 1491 e D. Manuel em 1515 converte-o em foral novo.
Na sequência da Guerra da Independência, no reinado de D. João I, as Terras de Barroso são oferecidas a D. Nuno, Condestável do Reino. As tropas francesas tiveram problemas de monta com os barrosões, na Misarela, em 1809.

Em 6 de Novembro de 1836, o concelho de Montalegre é dividido criando-se o município de Boticas e perderam-se, para o município de Vieira do Minho, o município de Vilar de Vacas (sediado em Ruivães) e, logo a seguir, o Couto Misto de Santiago de Rubiás.

A história recente de Montalegre é igual a tantas regiões do interior, marcadas por uma forte emigração, depauperação económica e abandono das actividades económicas tradicionais. Só com a institucionalização do Poder Local após o 25 de Abril de 1974 é que surgem condições de revitalização do concelho devido às alterações estruturais que aquele movimento democrático permitiu.

Info: Câmara Municipal de Montalegre

Vídeos

Conheça a Escola de Música Tradicional do Larouco

Ricardo Coelho, professor da Escola de Música Tradicional do Larouco, explicou como surgiu a iniciativa de criar o grupo em que o objetivo é promover o ensino da gaita-de-foles e a percussão tradicional.

Projeto Mont'Alegre

O enólogo Francisco Gonçalves apresentou o projeto Mont'Alegre que consiste em dois hectares de castas brancas plantadas na aldeia de Donões, em Montalegre, e considerada a vinha mais alta de Portugal.

Escola de Música Tradicional do Larouco - "Laranjinha, Laranja, Laranja"

Escola de Música Tradicional do Larouco - "Laranjinha, Laranja, Laranja"

Entrevista Eugénio de Almeida

Eugénio de Almeida, presidente da Federação Portuguesa de Voo Livre, contou um pouco de como se vai realizar o Europeu de Parapente em Montalegre, no ano de 2018, e explica ainda no que consistiu o Pré-Europeu que se realizou até ao dia 29 de julho.

Entrevista David Teixeira

David Teixeira, vice-presidente da Câmara Municipal de Montalegre, veio completar a entrevista ao presidente da autarquia e falou sobre a parte cultural do município principalmente sobre o Mosteiro de Pitões, o Castelo e o Prémio Literário Bento da Cruz.

Entrevista Orlando Alves

O presidente da Câmara Municipal de Montalegre, Orlando Alves, falou sobre o município e sobre o mundial de rallycross, o lítio e o gás natural.

Grupo Folclórico de Venda Nova - "Barroso"

Grupo Folclórico de Venda Nova - "Barroso"

Minas da Borralha

A aldeia de Minas da Borralha faz parte da freguesia de Salto, concelho de Montalegre, e o Especial Verão foi conhecer aquela que foi durante décadas o principal pólo empregador e populacional de Montalegre.

Grupo Folclórico de Venda Nova - "O Minério"

Grupo Folclórico de Venda Nova - "O Minério"

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 3

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 3

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 2

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 2

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 1

Especial Verão - Montalegre, 31 de julho, parte 1

Oficina do Burel

Elsa Flor, artesã, apresentou alguns dos artigos que produz com o burel, um tecido de lã que é tradicionalmente usado para as capas dos pastores.

Entrevista Alberto Fernandes

Alberto Fernandes, presidente da Junta de Freguesia de Salto, agradece a ideia da Câmara de Montalegre em criar a Feira do Barrosão e explica quais as áreas que promove.

Os Lordes - "Subi ao Palco"

Os Lordes - "Subi ao Palco"

Conheça o Grupo de Cantares de Salto

O maestro João Soares apresentou o Grupo de Cantares de Salto que foi fundado à mais de 20 anos e que continua a atuar.

Entrevista Hêrnani Carvalho

Hêrnani Carvalho, promoveu o passeio BTT 'Rota do Barrosão' que se realizou no dia 30 de julho e percorreu 40 quilómetros.

Cães de gado

Hélder Pinto Lopes, da Associação de Criadores Cães de Gado Transmontano, falou um pouco desta raça e explicou as suas principais características.

Entrevista Orlando Alves

Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal de Montalegre, promoveu e explicou em que consiste a Semana do Barrosão, em Salto.

Grupo de Cantares de Salto - "Marcha de Salto"

Grupo de Cantares de Salto - "Marcha de Salto"

Restaurante Borda D'Água

A equipa do Porto Canal foi até ao restaurante Borda D'Água conhecer os pratos típicos da região em que a carne barrosã é a principal protagonista.

Entrevista Jorge Rodrigues

Jorge Rodrigues, do Grupo Desportivo e Cultural de Salto, conta a história deste grupo fundado em 1980 por pessoas da terra e promove ainda o desporto.

Licores de Fafião

Odete Laja demonstra alguns dos licores e compotas que são produzidos artesanalmente em Fafião, uma freguesia de Montalegre.

Conheça o jogo do pau

João Poças, presidente da Associação Recreativa Cultural do Jogo do Pau de Salto, explica o jogo tradicional de Montalegre e faz ainda uma demonstração com alguns dos seus alunos.

Entrevista Nuno Sousa

Nuno Sousa, presidente da Associação Nacional de Criadores de Gado de Raça Barrosã, explica como a raça barrosã é transportada e preservada e explica ainda o que a faz ser tão saborosa.

Conheça os Lordes

Alcides Morais, responsável pelo grupo musical 'Os Lordes', explica o porquê do nome e como é que se fundou este grupo de concertinas.

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 3

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 3

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 2

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 2

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 1

Especial Verão - Montalegre, 30 de julho, parte 1

Fotos escolhidas a dedo

1/ 21

Por onde vamos andar

17 de Agosto de 2017
Guimarães
18 de Agosto de 2017
Póvoa de Varzim
21 de Agosto de 2017
Fafe
23 de Agosto de 2017
Penafiel