Matosinhos

Matosinhos

Autárquicas 2017 - Debate Matosinhos

Autárquicas 2017 - Debate Matosinhos

Candidatos
Candidato

João Pedro Rodrigues

CDU

Candidato

António Parada

Independente

Candidato

Filipe Cayolla

PAN

Candidato

Joaquim Ferreira daos Santos

BE

Candidato

Narciso Miranda

Independente

Candidato

Jorge Magalhães

PSD

Candidato

Luísa Salgueiro

PS

Joaquim Ferreira dos Santos - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

Joaquim Ferreira dos Santos - Promessas

Joaquim Ferreira dos Santos - Promessas

Narciso Miranda - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

Narciso Miranda - Promessas

Narciso Miranda - Promessas

António Parada - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

António Parada - Promessas

António Parada - Promessas

Luísa Salgueiro - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

Luísa Salgueiro - Promessas

Luísa Salgueiro - Promessas

Filipe Cayolla - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

Filipe Cayolla - Promessas

Filipe Cayolla - Promessas

Luísa Salgueiro defende que "a autarquia não fez tudo bem mas o principal foi bem feito”

Matosinhos - Os candidatos

Luísa Salgueiro defende que "a autarquia não fez tudo bem mas o principal foi bem feito”

Luísa Salgueiro, candidata independente à Câmara de Matosinhos, defende que "Matosinhos tem neste momento uma taxa de desemprego de 9.8%" sendo a "segunda mais baixa da área metropolitana". Quanto à dívida, indica que "agora é de 45 milhões de euros" enquanto que quando "Narciso Miranda era Presidente da Câmara" esta rondava os "60 milhões de euros". A candidata afirma assim que "Matosinhos é um concelho de progresso" e onde "as pessoas gostam de estar" e que "a autarquia não fez tudo bem mas o principal foi bem feito”.

Jorge Magalhães - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

Jorge Magalhães - Promessas

Jorge Magalhães - Promessas

José Pedro Rodrigues - Promessas

Matosinhos - Os candidatos

José Pedro Rodrigues - Promessas

José Pedro Rodrigues - Promessas

Desemprego, dívida e turismo foram os principais temas no debate de Matosinhos

Matosinhos

Desemprego, dívida e turismo foram os principais temas no debate de Matosinhos

Luísa Salgueiro, Jorge Magalhães, Joaquim Ferreira dos Santos, Narciso Miranda, Filipe Cayola, João Pedro Rodrigues e António Parada estiveram presentes no Porto Canal a debater essencialmente questões ligadas ao desemprego, à dívida e ao turismo.

Jorge Magalhães defende que a gestão autárquica está "a sentir na pele os erros que cometeu”

Matosinhos - Os candidatos

Jorge Magalhães defende que a gestão autárquica está "a sentir na pele os erros que cometeu”

Jorge Magalhães, candidato do PSD à Câmara de Matosinhos, afirma que "durante 40 anos a gestão autárquica andou a empurrar os problemas e só agora é que olharam para eles com olhos de ver" e como tal "estão a sentir na pele os erros que cometeram". Defende que "alguns problemas foram resolvidos mas a maior parte deles estão por resolver". O candidato diz ainda que houve um "não ligar às freguesias interiores do concelho em favor do litoral".

António Parada defende que a retirada da indústria de Matosinhos é "um prejuízo muito difícil de recuperar”

Matosinhos - Os candidatos

António Parada defende que a retirada da indústria de Matosinhos é "um prejuízo muito difícil de recuperar”

António Parada, candidato independente à autarquia de Matosinhos, afirma que "deixar retirar a indústria do concelho" em vez de fixá-la foi "claramente um prejuízo que hoje será muito difícil de recuperar". Defende que "os jovens foram trabalhar para a Maia e compraram lá habitação", o que em Matosinhos é "insuportável" e daí também "o concelho estar mais envelhecido". Como tal, o candidato afirma que é preciso "definir duas ou três zonas industriais e não ter a indústria de forma avulsa".

João Pedro Rodrigues afirma que a economia de Matosinhos tem "problemas e vícios”

Matosinhos - Os candidatos

João Pedro Rodrigues afirma que a economia de Matosinhos tem "problemas e vícios”

João Pedro Rodrigues, candidato da CDU à Câmara Municipal de Matosinhos, afirma que "faz falta estudar o desenvolvimento da economia do concelho nos últimos anos" e que a verdade é que "fomos deixando de produzir, de pescar" e isso "trouxe-nos problemas e vícios na economia de Matosinhos". Defende que não é possível "resolver o problema do emprego sem criar condições para definir aquilo que tem interesse que venha para Matosinhos". O candidato afirma ainda que apesar do investimento realizado nos últimos dez anos “a qualidade e impacto” do mesmo na vida das pessoas “nem sempre sentido da melhor forma”.

Narciso Miranda afirma que "ninguém pode estar satisfeito nem ninguém pode dormir descansado com 10% de desempregados"

Matosinhos - Os candidatos

Narciso Miranda afirma que "ninguém pode estar satisfeito nem ninguém pode dormir descansado com 10% de desempregados"

Narciso Miranda, candidato independente à Câmara Municipal de Matosinhos, afirma que "ninguém pode estar satisfeito nem ninguém pode dormir descansado com 10% de desempregados" e com a "hemorragia" que houve de pessoas que tiveram de ir para o estrangeiro. Defende que o "envelhecimento progressivo" que o concelho tem passado é "extremamente perigoso" e que as rendas caras foram uma das causas para que isso acontecesse.

Joaquim Ferreira dos Santos defende a criação de políticas culturais e resolução de problema económicos

Matosinhos - Os candidatos

Joaquim Ferreira dos Santos defende a criação de políticas culturais e resolução de problema económicos

Joaquim Ferreira dos Santos, candidato do BE à autarquia de Matosinhos, diz que "Matosinhos é um concelho envelhecido" uma vez que "desertificaram o centro" da cidade e as pessoas foram "exportadas para zonas completamente inóspitas". Defende que existe uma "necessidade absoluta de criar políticas culturais que levem à criação de novos públicos culturais" e que é também preciso resolver os problemas económicos de Matosinhos, bem tais como a pesca.

Matosinhos: o lançamento do debate autárquico 2017

Matosinhos

Matosinhos: o lançamento do debate autárquico 2017

Matosinhos: o lançamento do debate autárquico 2017

Alguns números
Despesas em Ambiente

13,3

Despesas em Ambiente (2015)

Abstenção (2013)

50,9%

Taxa de Abstenção (2013)

Número de caixas multibanco

225

Número de caixas Multibanco

Ecrãs de cinema

16

Ecrãs de cinema

Nascimentos fora do casamento

52,1%

Nascimentos fora do casamento

Eleitores

151.014

Eleitores

População

173.748

População

Trabalhadores na Administração Pública Local

1.881

Trabalhadores na Administração Pública Local

Freguesias

4

Freguesias

Crime

36

Crimes / 1.000 hab.

Reformados

9.003

Reformados

Logos elaborados por Flaticon e dados estatísticos por PORDATA