INÍCIO

40 ANOS DEPOIS | Há sempre alguém que resiste

Há sempre alguém que resiste

No dia 25 de Abril de 1974 milhares de pessoas decidiram sair à rua para apoiar a revolução dos cravos. Muitos falam desse dia como uma época onde o sonho não tinha limites e “impossível” era uma palavra inexistente. Hoje, 40 anos depois, quem se envolveu nas lutas anti-fascismo reclama a continuação da luta, para se alcançar o desenvolvimento esperado.
twitter facebook Google plus