Info

UE particularmente preocupada com declarações de Erdogan - Governo

| Política
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 18 jul (Lusa) - A União Europeia (UE) vai "acompanhar muito de perto" a situação na Turquia, sobretudo à luz das declarações "preocupantes" do Presidente Recep Erdogan, afirmou hoje em Bruxelas a secretária de Estado dos Assuntos Europeus.

Margarida Marques, que representa Portugal na reunião de chefes de diplomacia da UE - em virtude da deslocação do ministro Augusto Santos Silva a Moscovo -, disse aos jornalistas que a Turquia foi "um ponto importante" do pequeno-almoço de trabalho, que contou também com a participação do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, tendo os 28 manifestado preocupação com os últimos desenvolvimentos no país, na sequência da tentativa de golpe de Estado na passada sexta-feira.

"A questão da Turquia para nós é uma questão que interessa acompanhar muito de perto, sobretudo depois das declarações do presidente Erdogan. Manifestámos a nossa preocupação pela evolução dos direitos fundamentais, das liberdades fundamentais, do Estado de Direito na Turquia, e manifestámos preocupação pelo número elevadíssimo de pessoas detidas a seguir ao golpe", apontou a secretária de Estado.

Margarida Maques disse que os chefes de diplomacia sublinharam, por um lado, que, sendo a Turquia candidata à adesão à UE, "deve respeitar os critérios de Copenhaga", a nível de direitos, liberdades e estado de direito; e por outro lado, a "preocupação pela ideia que começa a surgir de reintroduzir a pena de morte" no país.

"O que nos preocupa fundamentalmente são as declarações políticas que temos ouvido relativas ao Estado de Direito e à possibilidade de reintrodução da pena de morte", muito longe daquilo que são os valores europeus, assinalou.

A secretária de Estado disse que os ministros dos Negócios Estrangeiros da UE concordaram que é necessário acompanhar a situação "de forma sistemática" também à luz do "acordo entre UE e Turquia para ajudar problema dos refugiados" e das negociações sobre a liberalização de vistos.

"São dois assuntos que acompanharemos muito de perto dada a nova realidade e dadas as declarações que temos ouvido na Turquia", asseverou, acrescentando que as mesmas deixam "mais preocupação".

Já hoje, a chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, avisou que nenhum país se tornará membro do espaço comunitário se introduzir a pena de morte.

"Vou ser muito clara, nenhum país se tornará um estado-membro da UE se introduzir a pena de morte. É muito claro. É um ponto-chave", afirmou a comissária, em resposta a uma questão, em conferência de imprensa, sobre eventuais impactos nas negociações de uma eventual reposição da pena de morte na Turquia.

O aviso de Mogherini surgiu depois de o Presidente turco, Recep Erdogan, ter colocado a hipótese de repor a pena de morte no país, na sequência de uma falhada tentativa de golpe de Estado e como forma de punir os envolvidos nos acontecimentos de sexta-feira.

ACC/IG/PL // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Bloco de Esquerda defende englobamento no IRS para criar mais justiça fiscal

A coordenadora do BE defendeu hoje o englobamento de rendimentos no IRS como forma de aliviar a carga fiscal para quem trabalha e criar mais justiça fiscal, cobrando a quem ganha rendimentos de capital.

João Galamba anuncia criação de refinaria de lítio perto do Porto

O secretário de Estado Adjunto e da Energia anunciou numa entrevista televisiva que na região do Porto vai nascer uma refinaria de Lítio. João Galamba não revelou em concreto onde, quando ou que empresa vai ficar responsável.

Secretária de Estado da Valorização do Interior desvaloriza eventuais mudanças da descentralização de secretarias

A descentralização de secretarias de Estado anunciada pelo próprio Governo parece continuar a ser assunto tabu. Desta feita foi a secretária de Estado da Valorização do Interior que relativizou o assunto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"Este mundo espantoso, inquieto e...

D'Mais

Hora do chá - o que é o...