Info

Turquia: Obama convoca Conselho de Segurança Nacional

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 16 jul (Lusa) -- O presidente norte-americano Barack Obama convocou hoje o Conselho de Segurança Nacional, na sequência do golpe de Estado falhado na Turquia, adiantou a Casa Branca em comunicado, citada pela AFP.

"O presidente vai reunir-se com o seu Conselho de Segurança e equipa de política internacional para se inteirar da situação na Turquia", adiantou a Casa Branca em comunicado.

A reunião deverá começar às 14:30 GMT (mais uma hora em Lisboa) e será fechada à imprensa.

Na Turquia, as autoridades impuseram, por razões de segurança, o fecho da base militar de Incirlik, no sul do país, usada pelos Estados Unidos e pelas forças da coligação nos ataques aos jihadistas na Síria, adiantou o consulado norte-americano no país.

"As autoridades locais estão a negar qualquer entrada ou saída na base aérea de Incirlik. A energia foi cortada", adiantou o consulado em Adana.

A Turquia foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado na sexta-feira à noite, mas o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse hoje que a situação no país "está completamente sob controlo".

O último balanço aponta para 161 mortos entre civis e forças leais ao presidente Recep Erdogan, 1.440 feridos e 2.839 militares revoltosos detidos.

Yildirim adiantou que 20 militares revoltosos morreram no decurso da tentativa de golpe de Estado, números que contrariam o balanço inicialmente avançado pelas Forças Armadas, que apontavam para 104 mortes de militares revoltosos, abatidos pelas forças leais ao presidente Erdogan.

IMA // SMA

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Onze manifestantes detidos e 22 agentes feridos durante protesto em Hong Kong

A polícia de Hong Kong informou esta quinta-feira que 11 manifestantes foram detidos e 22 agentes ficaram feridos no protesto contra emendas à proposta de lei que preveem a extradição de suspeitos de crimes para a China.

Dois milhões em protesto em Hong Kong na véspera de greve geral - organização

Hong Kong, China, 16 jun 2019 (Lusa) -- Cerca de dois milhões de pessoas participaram hoje em Hong Kong num protesto contra a lei da extradição, segundo os organizadores, que apelam a uma greve geral na segunda-feira, enquanto a polícia estima a adesão em menos de 400 mil.

Netanyahu inaugura nos Montes Golã colonato batizado em honra de Donald Trump

Jerusalém, 16 jun 2019 (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, inaugurou hoje um novo colonato nos Montes Golã, território sírio anexado por Israel em 1981, batizado "Colina Trump" em honra do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.