Info

"Empresários improváveis" provam em Famalicão como fazer do desemprego oportunidade

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Nova De Famalicão, Braga, 02 mai (Lusa) - Quatro "empresários improváveis" explicaram hoje em Vila Nova de Famalicão como de faz do desemprego uma "oportunidade" através da criação do próprio negócio que já trabalha para a marca do atual líder da I Liga em futebol.

"Isto nasceu num contexto de dificuldades. Estávamos a trabalhar e de um momento para o outro ficamos sem trabalho, mas com as contas do dia-a-dia na mesma e as famílias em casa. O que é que podíamos fazer com 40 e tal anos de idade? Decidimos: vamos arriscar", conta Bruno Neves.

É um dos sócios da lavandaria industrial LBJ Wash localizada em Fradelos, Famalicão, e, com Carlos Fonseca, Álvaro Oliveira e Luís Martins, decidiu pedir a antecipação do pagamento do subsídio de desemprego e um empréstimo ao banco para se lançar no mercado com um negócio próprio.

Os primeiros quatro/cinco meses foram "difíceis", contam, mas entretanto em 2015 lavaram 100 mil peças de ganga e a expectativa é de que este ano o número suba para 150 mil.

Começaram com um investimento de 100 mil euros e faturaram 200 mil no ano passado, tendo como meta alcançar os 300 mil num futuro próximo.

Desde janeiro lavaram e transformaram cerca de 2.000 gangas para a marca Benfica.

Começaram os quatro e entretanto a estrutura da empresa cresceu com a chegada de quatro colaboradores, todos oriundos da empresa ligada ao mesmo ramo que faliu, logo todos em situação de desemprego mas com conhecimento da área.

Estes "empresários de mangas arregaçadas", como descreveu hoje o presidente da câmara de Famalicão, Paulo Cunha, preferiram não aguardar pelo subsídio de desemprego e por uma oferta de trabalho e arriscaram, uma opção elogiada pelo autarca.

"Fizeram algo pouco comum: anteciparam-se. Não quiseram cair naquela cifra do desempregado de longa duração e está aqui um bom exemplo do muito que se faz em Famalicão ao nível do empreendedorismo", referiu Paulo Cunha no âmbito do Made In, roteiro traçado pela autarquia de Famalicão, distrito de Braga, para divulgar e apoiar os exemplos de arrojo empresarial.

Os fundadores da LBJ Wash recordaram hoje o dia em que decidiram recorrer ao Gabinete de Apoio ao Empreendedor criado pela autarquia famalicense para procurar "conselhos" e a "análise ao negócio", tendo saído com "incentivos".

São cerca de 80 as empresas que surgiram em Famalicão desde 2014 no âmbito da criação deste gabinete e Paulo Cunha avançou que "estão algumas dezenas de propostas em análise" atualmente.

PYT // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Colisão em Vilar do Paraíso faz quatro feridos. Dois graves

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um motociclo provocou dois feridos graves e dois ligeiros, na tarde desta quinta-feira, em Vila de Paraíso, Vila Nova de Gaia, apurou o Porto Canal junto dos Bombeiros Sapadores de Vila Nova de Gaia.

Idosa desaparecida há cinco dias encontrada morta

A mulher de 79 anos que estava desaparecida desde o passado sábado, em Labruge, Vila do Conde, foi encontrada morta por um vizinho num terreno de construção perto da casa da idosa.

População de Vila Seca e Milhazes preocupados com as crateras e as piscinas a céu aberto da exploração de caulinos

Os habitantes das freguesias de Vila Seca e Milhazes, em Barcelos, temem há muito pela segurança. Em causa estão as crateras e as piscinas a céu aberto causadas pela exploração de caulinos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.