Jornal Diário Jornal das 13

Desentendimento na Secundária da Gafanha da Nazaré termina com dois feridos

| Norte
Porto Canal (MYF)

Dois alunos do ensino especial da Escola Secundária da Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, Aveiro, desentenderam-se, esta quinta-feira à tarde. A professora que tentou separar os dois jovens e um dos alunos sofreram ferimentos ligeiros. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Aveiro para observação.

Um desentendimento entre um aluno de 14 anos e uma aluna de 17 anos, ambos a frequentar o ensino especial da instituição, não terminou na melhor forma. A professora tentou separar os dois jovens, que alegadamente terão algum grau de deficiência, mas acabou por sair ferida, assim como a adolescente.

O alerta foi dado aos Bombeiros Voluntários de Ílhavo, pelas 18h15, que reencaminharam-se para o local com duas ambulâncias.  

Segundo fonte da GNR de Aveiro, este caso irá avançar para Tribunal.  A agressão de o menor vai ainda ser comunicada à Comissão Nacional de Proteção das Crianças e Jovens em Risco (CPCJ).

Já a direção da escola não prestou qualquer declaração ao Porto Canal.

+ notícias: Norte

CGTP anuncia queixa ao Ministério Público de alegada “tortura psicológica” por empresa da Feira

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) vai apresentar queixa ao Ministério Público contra a empresa de Santa Maria da Feira que acusa de exercer "tortura psicológica" sobre uma operária reintegrada por ordem judicia.

Atualizado 22-09-2018 12:37

Colisão entre dois carros provoca um morto e um ferido grave em Gondomar

Um colisão entre dois automóveis ligeiros provocou, este sábado, uma vítima mortal e um ferido grave, na EN108, em Zebreiros, Gondomar, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Valbom.

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque "já não tinha condições para continuar à frente da instituição", segundo disse o próprio ao jornal Público.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.