Info

Petição pede o fim de anúncios de venda de animais

Petição pede o fim de anúncios de venda de animais
| País
Porto Canal (DYS)

O Movimento Movido a 4 patas e o Grupo Garra criaram uma petição com o objetivo de terminar com os anúncios de venda de animais em sites como o OLX, Custo Justo, entre outros.

Este tipo de venda está a ser posta em causa devido aos “anúncios escandalosos de venda de animais sem qualquer cuidado, ou trocas destes por objectos”, alegam as duas organizações.

Ao que a petição indica, os animais domésticos vendidos nestas plataformas, não são de criadores de referência, mas de pessoas que fazem criações sem quaisquer condições de higiene e saúde, vendendo animais vítimas de maus tratos, que vivem em condições precárias, sem estarem desparasitados ou vacinados, tornando-se assim, foco de doenças.

“Esta petição [pretende] que esta matéria seja legislada”, lê-se na petição. “Estas plataformas da internet admitem publicações sobre animais onde [estes] são considerados mercadoria, como se de um objecto se tratasse. Apesar de a actual lei não considerar os animais como seres sencientes, merecedores de uma vida digna, é imperiosa uma mudança que passe a respeitar as suas necessidades físicas e comportamentais, de acordo com a espécie”, continua o documento.

“Desta forma, os animais não devem ser alvo de um comércio que não só coloca algumas espécies em risco de extinção, bem como contribui para a proliferação de crimes de maus tratos a animais, sem que as autoridades competentes na matéria possam de alguma forma actuar”, avançam as organizações.

+ notícias: País

Dezassete elementos dos 'Hells Angels' detidos por suspeitas de associação criminosa

A Polícia Judiciária deteve esta terça-feira 17 pessoas em vários pontos do país do grupo 'Hells Angels' por suspeitas de associação criminosa e o seu primeiro interrogatório judicial decorrerá na quarta-feira no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

Associações de militares, GNR e polícia marítima contra diploma de carreiras especiais

Associações profissionais de militares, da Guarda Nacional Republicana e da Polícia Marítima criticaram esta terça-feira o decreto-lei sobre as carreiras especiais publicado na segunda-feira, que consideram injusto por não corrigir as consequências do tempo de serviço congelado.

Região Centro regista aumento de sofisticação nos crimes de violência doméstica

Os casos de violência doméstica que têm chegado ao Gabinete de Apoio à Vítima de Coimbra não têm aumentado ao longo dos anos, mas regista-se um incremento ao nível de sofisticação por parte dos agressores e no recurso às redes sociais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.