Info

Segurança Social: Atrasos nos pagamentos de subsídios de parentalidade

Segurança Social: Atrasos nos pagamentos de subsídios de parentalidade
| País
Porto Canal (IYB)

Os atrasos nos pagamentos dos subsídios de parentalidade pela Segurança Social (SS) estão a gerar complicações às mães, especialmente as residentes das áreas de Lisboa, Setúbal e Aveiro.

De acordo com as informações desenvolvidas pela Rádio Renascença, são vários os casos de mães que, enquanto esperam pelo dinheiro da SS, têm utilizado poupanças e ajudas monetárias de familiares ou amigos.

Ana Clara Birrento, presidente do conselho directivo do Instituto de Segurança Social, reconhece a situação e explica que “Lisboa pela dimensão, e depois (…) em Aveiro e Setúbal há algumas situações de atraso”, assegurando que “estamos a falar de 10, 15 dias em termos de ilação de tempo”.

Apesar de não ter sido apresentada nenhuma explicação sobre a causa dos atrasos, o sindicato dos trabalhadores da Segurança Social atenta na falta de funcionários neste sector.

+ notícias: País

Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal

A associação ambientalista Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal. Nos últimos três anos, 79 municípios receberam pedidos de prospecção.

Notas do 9.º ano descem a Português e Matemática volta à positiva

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Cada português consumiu no ano passado 3,3Kg de açúcar em 60 litros de refrigerante

Cada português consumiu no ano passado 60 litros de refrigerantes, o que equivale a 3,3 quilogramas de açúcar, um valor menor do que no ano anterior, quando começou a ser aplicado o imposto sobre estas bebidas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.