Info

Família de refugiados acolhida em Ovar

Família de refugiados acolhida em Ovar
| Norte
Porto Canal (IYB)

Durante dois anos, uma das primeiras famílias de refugiados sírios a chegar a Portugal terá uma casa e emprego disponível na cidade de Ovar. As informações foram avançadas num grupo do Facebook, “Famílias como as nossas”, e confirmam que esta família foi resgatada por um grupo de voluntários em Viena, Áustria.

As Juntas de Freguesia de Ovar uniram-se num projecto que visava em dar a conhecer a cidade à família síria, que confirmam ter sido "extremamente bem recebida quer pelos voluntários, quer pela população em geral". Segundo a publicação no grupo da rede social, a casa oferecida à família por dois anos tem três quartos e está muito bem localizada. Foram também concedidos dois postos de trabalho por uma empresa multinacional.

O autor do texto afirma que esta família estava em Viena e que foi convencida a vir para Portugal.

"Foi-lhes atribuída licença de residência, ganharam amigos e uma nova família, iniciaram a aprendizagem da nossa língua dos nossos hábitos e costumes e estão agora preparados para integrar social e profissionalmente a sociedade portuguesa como quaisquer outros cidadãos estrangeiros que residam em Portugal", explicou.

+ notícias: Norte

Construção nas Fontainhas do Porto gera onda de contestação entre os moradores

Uma nova construção está a gerar polémica nas Fontainhas, no Porto. Os moradores já pediram embargo da obra que tapa as vistas para o Douro. A Câmara do Porto diz não ver desconformidades no projeto.

Despoluição e requalificação do Rio Tinto finalizada com investimento de 10 milhões de euros

O problema de poluição do Rio Tinto, que existia há várias décadas, está resolvido. Foram investidos perto de 10 milhões de euros para a despoluição e requalificação da área envolvente.

Funcionária da Câmara Municipal de Barcelos denuncia falta de condições de trabalho por laboral ao lado de casa de banho

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga "obrigou" a Câmara de Barcelos a recolocar no seu posto de trabalho original uma funcionária que tinha sido transferida para outro local, sem condições dignas e sem funções atribuídas. A mulher foi posta a trabalhar junto a uma casa de banho masculina.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.