Info

Sócrates já pode aceder às provas da Operação Marquês. Ministério Público recorre para o Constitucional

Sócrates já pode aceder às provas da Operação Marquês. Ministério Público recorre para o Constitucional
| País
Porto Canal

O Ministério Público anunciou hoje que vai recorrer para o Tribunal Constitucional da decisão da Relação de Lisboa de rejeitar o pedido de nulidade do acórdão que permitia à defesa de José Sócrates ter acesso aos autos da investigação.

Numa nota a Procuradoria-Geral da República explica que "o acatamento da decisão da Relação determina necessariamente a impossibilidade de requerer que o acesso aos autos seja adiado pelo período de três meses - faculdade, essa, que o art.º 89 n.º 6 do Código de Processo Penal admite em qualquer processo no qual se investiguem crimes de corrupção ou de branqueamento, quando tal seja indispensável à conclusão da investigação".

Acrescenta que o MP decidiu autorizar o acesso aos autos da investigação "a todos os intervenientes processuais que já o solicitaram ou que o venham a solicitar".

+ notícias: País

Covid-19: DGS reforça medidas e admite possibilidade de epidemia nacional

A diretora geral da saúde, Graça Freitas, admitiu hoje a possibilidade de uma epidemia nacional devido ao novo coronavírus, afirmando que os casos verificados em Itália alteraram o panorama na Europa.

Associações de Pais defende que as viagens de finalistas devem canceladas por causa do covid-19

A Confederação das Associações de Pais defende que as viagens de finalistas devem ser canceladas. A um mês das férias da páscoa também o primeiro-ministro recomenda ponderação e admite que pode ser uma questão de tempo ate chegarem casos de covid-19 a Portugal.

Ministra da Saúde e a DGS aconselham isolamento a pessoas vindas de países afetados pelo surto

A ministra da Saúde e a DGS recomendam medidas preventivas para quem chega de países afetados pelo surto do novo coronavírus. Entre elas não ir para o trabalho ou para a escola tentando evitar contacto direto com outras pessoas durante 14 dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.