Info

Reconversão da praça de touros de Viana em pavilhão desportivo orçada em 2ME

Reconversão da praça de touros de Viana em pavilhão desportivo orçada em 2ME
| Norte
Porto Canal

A reconversão da antiga praça de touros de Viana do Castelo em pavilhão desportivo orça em cerca de dois milhões de euros, devendo ser lançada a concurso público em 2016, disse hoje à Lusa o presidente da Câmara local.

Segundo o socialista José Maria Costa, a autarquia "está a procurar financiamentos comunitários para a reconversão do edifício e para a criação de áreas comerciais de apoio".

"Estamos a tentar encontrar um instrumento financeiro que permita aliviar o orçamento municipal, uma vez que se trata de um investimento com algum significado, estimado em dois milhões de euros", sustentou.

O autarca adiantou que "o programa da obra está a ser ultimado, em parceira com a Escola Desportiva de Viana (EDV), para dar início "ao projeto de execução, que deverá estar pronto no início de 2016", sendo que a adaptação "não vai implicar a demolição do imóvel" desativado há seis anos, desde que cidade se declarou antitouradas.

"Temos o estudo do Instituto da Construção da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com toda a informação técnica que nos permite trabalhar e ter a certeza da capacidade de resistência da estrutura, que está em boas condições", afirmou.

A intenção da autarquia passa por transformar o espaço numa estrutura multifunções, que sirva o desporto e os jovens do concelho, apta para a prática de várias modalidades, como ginástica, esgrima, patinagem artística, hóquei em patins e basquetebol.

A praça foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espetáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008. Está encerrada desde 2009, quando Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas.

Chegaram a ser avançadas várias hipóteses para aquele imóvel, como um centro de Ciência Viva, um Centro de Mar - entretanto instalado a bordo do antigo navio hospital Gil Eannes - e um espaço de restauração e atividades náuticas. Até hoje não foi dada qualquer utilização pública ao equipamento.

Agora, a "vontade clara" da autarquia de dar resposta à "falta de condições físicas com que se debate a EDV", clube com 39 anos de existência e 1.300 atletas, está na origem do novo projeto para a antiga arena, com uma área de 3.800 metros quadrados e cerca de 65 metros de diâmetro.

Para o exterior do edifício, situado no parque da cidade, é proposta a criação de estruturas que permitam a prática desportiva ao ar livre.

+ notícias: Norte

Estrada em Santo Tirso reaberta ao trânsito após despiste de camião

A Estrada Municipal 551, em Monte Córdova, Santo Tirso, foi reaberta ao trânsito às 14h40, depois de ter estado cortada devido ao despiste seguido de capotamento de um camião, disse esta segunda-feira à Lusa fonte dos Bombeiros Tirsenses.

ZEP da Ponte da Arrábida publicada hoje limita altura de construções no Porto e Gaia

A Zona Especial de Proteção (ZEP) da Ponte da Arrábida foi esta segunda-feira publicada em Diário da República e determina que, no Porto, a altura máxima de novas construções nas imediações não pode ultrapassar a cota altimétrica das existentes.

Dominado incêndio que deflagrou em fábrica de meias de Guimarães

O incêndio que deflagrou esta segunda-feira cerca das 07h00 numa fábrica de meias, na Zona Industrial de Linhares, nas Taipas, concelho de Guimarães, já se encontra dominado, segundo fonte dos Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.