Info

Dominados dois fogos nos distritos de Viana do Castelo e Braga

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 02 set (Lusa) - Dois fogos que deflagraram no domingo nos concelhos de Monção e Cabeceiras de Basto, distritos de Viana do Castelo e Braga, respetivamente, foram dominados esta madrugada, cerca das 03:30, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

De acordo com a informação disponível no portal da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio numa zona de mato em Porpinto/Badim, no concelho de Monção e distrito de Viana do Castelo, estava ativo desde as 18:49 de domingo e foi dominado às 03:25 por 41 operacionais apoiados por 14 veículos.

No distrito de Braga, outro fogo que deflagrou às 22:11 numa zona de mato em Morgada/Arco de Baúlhe, no concelho de Cabeceiras de Basto, foi também dominado esta noite, às 03:20, por 17 operacionais apoiados por cinco veículos.

Segundo os dados da Autoridade Nacional de Proteção Civil, desde as 00:00 foram registados 33 fogos, dos quais 18 mantinham-se em curso às 03:00, dos quais nove mobilizavam cerca de 450 homens, nomeadamente quatro no distrito do Porto, dois no distrito de Aveiro, dois no distrito de Braga e outro no distrito de Vila Real.

PNE // JCS

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Prisão efetiva até 10 anos para 19 acusados de traficar drogas no Porto

O tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou hoje penas de prisão efetivas, entre ano e meio e 10 anos, a 19 dos 23 acusados por tráfico de drogas “duras” a partir do bairro do Aleixo, naquela cidade.

Urgência pediátrica em Chaves sem médico em permanência durante a noite

A urgência de pediatria do Hospital de Chaves está sem médico permanente durante a noite, entre as 20:00 e as 08:00, pelo menos desde o verão do ano passado, revelou hoje à Lusa uma associação de pais do concelho.

Segurança Social de Matosinhos vive dias de caos completo

Filas de espera intermináveis e más condições são algumas das queixas dos utentes da Segurança Social em Matosinhos. Todas as manhãs o caos instala-se. O Instituto da Segurança Social diz que estão a ser feitos esforços para encontrar um novo espaço e melhorar condições.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.