Info

Fogo em Mondim de Basto dominado às 12:00

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Mondim de Basto, 30 ago (Lusa) -- O incêndio que lavra desde terça-feira em Mondim de Basto foi dado como dominado às 12:00, disse à Lusa o comandante operacional regional do Sul, destacado para aquele concelho do distrito de Vila Real.

Segundo Elísio Oliveira, manter-se-ão no local 282 bombeiros, apoiados por 89 viaturas, para operações de rescaldo e vigilância.

Dois helicópteros reforçaram hoje de manhã o combate a este incêndio, que "já deixou um rasto de destruição" na paisagem e na atividade económica, disse o presidente da câmara.

"É uma extensa área, cerca de 30 quilómetros entre Paradança e o Alto do Velão, que estão completamente dizimados pelas chamas e isso é um prejuízo enorme para o concelho, não só em termos materiais como também emocionais para as populações", afirmou Humberto Cerqueira à agência Lusa.

O autarca referiu que Mondim de Basto tem feito uma forte aposta no turismo da natureza e "agora o que se vê, é sobretudo, terra queimada".

"São já centenas de hectares de floresta ardida com prejuízo em termos monetários, que ainda não são possíveis de quantificar", salientou.

Ainda não é possível quantificar mas, de acordo com Humberto Cerqueira, são muitos devido à "descida do valor da madeira, a que acrescem prejuízos nas empresas de resinagem e na apicultura, com a destruição de muitas colmeias".

"Tenho conhecimento de uma empresa que tinha 20 trabalhadores e que, por causa deste incêndio, provavelmente vai ter que deixar de laborar aqui no concelho, porque não tem já pinhal", frisou.

A manhã de hoje trouxe alguma calma mas, segundo o autarca, durante a noite viveram-se alguns momentos complicados na freguesia de Paradança.

"Estiveram algumas casas em risco, mas com os meios no terreno foi possível poupar as habitações", referiu.

Na quinta-feira à noite, uma casa ardeu e quatro pessoas ficaram desalojadas em Ponte de Olo.

O presidente da Câmara de Mondim de Basto disse que o concelho viveu uma "situação dramática" na quinta-feira.

Um outro incêndio que ontem afetou Mondim de Basto e que entrou no concelho vindo de Cerva (Ribeira de Pena) foi dado como dominado às 03:07.

PLI // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Assalto deixa escola básica de Vila do Conde sem equipamentos informáticos

A Escola Básica de Bento de Freitas, em Vila do Conde, foi hoje de madrugada assaltada, tendo sido levados equipamentos informáticos, informou à agência Lusa o presidente do Agrupamento de Escolas Frei João.

Encarregados de educação exigem reforço de funcionários na Escola Básica Manuel António Pina em Vila Nova de Gaia

Os pais da Escola Básica Manuel António Pina, em Vila Nova de Gaia, concentraram-se esta terça-feira de manhã à porta do estabelecimento de ensino. Protestam contra a falta de funcionários e estão a recolher assinaturas para fazerem chegar à Assembleia da República uma petição para alterar a lei dos rácios.

Assaltantes levam cofre com cinco mil euros de uma Associação em Paredes

Um grupo de assaltantes levou, esta terça-feira de manhã, um cofre com cerca de cinco mil euros, documentos e outros bens da Casa do Povo de Sobreira, em Paredes, apurou o Porto Canal com fonte da GNR.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.