Info

Advogado de Sócrates fala em “coincidência” sobre a proposta de prisão domiciliária

Advogado de Sócrates fala em “coincidência” sobre a proposta de prisão domiciliária
| País
Porto Canal (RYG)

oão Araújo, advogado que representa José Sócrates, rejeita que se possa fazer uma leitura política do momento em que se soube da possível mudança da medida de coacção. Mas é “um facto” que a proposta do Ministério Público de substituição da prisão preventiva pela prisão domiciliária aconteceu em dia de convenção nacional do PS.

Questionado pelo PÚBLICO, considera que a “interpretação de que pode ser mais do que uma coincidência é abusiva”, até porque é “um facto que o prazo legal [para a decisão da revisão da medida de coacção] termina dia 9, terça-feira com ou sem convenção do PS”.


Tal como a mudança de prisão preventiva para domiciliária, a detenção de José Sócrates em Novembro do ano passado surgiu a quatro dias do congresso do partido, mas, o advogado salienta que tal “não passa de uma coincidência”. De resto, sublinhou estar a preparar a posição da defesa quanto à proposta do MP.“Existem duas posições. A da defesa é manifestamente a de ser contra esta e qualquer medida de coacção e a do engenheiro Sócrates, que nos proibiu de falar sobre ela”, acrescentou João Araújo.

+ notícias: País

Ministra da Saúde diz que "está feita" recuperação das greves cirúrgicas

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta quarta-feira que "está feita" a recuperação das duas greves cirúrgicas que levou ao cancelamento de milhares de cirurgias.

Jovem de 22 anos encontrado morto numa garagem em Mangualde

Um jovem de 22 anos foi esta quarta-feira de madrugada encontrado morto debaixo de uma viatura, dentro de uma garagem, em Abrunhosa do Mato, no concelho de Mangualde, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

FENPROF manifestou-se frente ao Parlamento contra a precariedade no Ensino Superior

O secretário geral da FENPROF considera inadmissível que ainda existam docentes do Ensino Superior sem saber se vão ter progressão nas carreiras. O sindicato manifestou-se em frente ao Parlamento contra a precariedade no Ensino Superior.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

1ª Bienal de Fotografia do Porto:...