Último Jornal Jornal Diário Jornal das 13 Acordar

Ciclista Rui Costa admite desejo de ser chefe de fila

| Desporto
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 22 ago (Lusa) -- O ciclista português Rui Costa admitiu hoje o desejo de ser chefe de fila de uma equipa, já na próxima temporada, e garantiu que o seu futuro na Movistrar deverá ser decidido nas próximas três semanas.

"Quanto ao meu futuro, ainda não tenho nada decidido, mas acho que dentro de uma a três semanas já saberemos", disse, acrescentando: "Gostava de ter uma equipa sob o meu encargo".

Rui Costa, que este ano venceu duas etapas da Volta a França e revalidou o título da Volta à Suíça, garantiu, no entanto, que não se sente mal na atual equipa, liderada pelo espanhol Alejandro Valverde.

"Onde estou não estava mal. É óbvio que no Tour tínhamos que estar com o Alejandro (Valverde)", disse o ciclista luso, após a apresentação da EDP Bike Maratona Cascais-Lisboa, da qual é padrinho.

Até final da época, Rui Costa tenciona participar em várias clássicas, nos Mundiais e na Volta à China.

"Vou fazer todas as clássicas importantes do World Tour, começando já pelo GP de Plouay. No ano passado, fui segundo e a fasquia ficou alta", disse, acrescentando: "Depois temos o Mundial, a Lombardia, que é uma clássica que adoro fazer, e a Volta à China. Este ano terei que passar novamente por lá".

Rui Costa garantiu que a melhor recordação da participação na 100.ª edição da Volta a França foi a vitória nas etapas 16 e 19 da prova, ganha pelo britânico Chris Froome (Sky).

"A melhor recordação foi vencer duas etapas. Depois de ter ganho a primeira etapa, emocionei-me. Já tinha ganho antes e sabia que dificilmente podia ganhar outra vez. Acho que este ano as coisas acabaram por sair bem. Depois de ter ganho a Volta à Suíça, acho que fiz a melhor preparação possível para me encontrar", afirmou.

O ciclista português, 27.º na classificação final do Tour, garantiu que a equipa esteve sempre com o chefe de fila, Alejandro Valverde, afastado da luta pela vitória final após uma avaria na bicicleta na 13.ª etapa.

"Tínhamos que estar com o Alejandro a 100 por cento. Aconteceu o que aconteceu, mas com todo o azar que tivemos eu ter vencido duas etapas é o que me deixa feliz", disse.

Rui Costa marcou presença hoje na apresentação da primeira edição da EDP Bike Maratona, organizada pelo Maratona Clube de Portugal e agendada para 05 de outubro.

AO // PFO

Lusa/Fim

twitter facebook Google plus Whatsapp imprimir

+ notícias: Desporto

SC Vianense pode estar à beira da extinção

O Spor Clube Vianense enfrenta um grave problema de dívidas, que se arrasta há já alguns anos, e com o incumprimento no pagamento de um crédito a um banco vê-se agora com a possibilidade de ficar sem bens, visto que estes vão ser vendidos em hasta-pública a 23 de fevereiro. A direção procura uma solução para enfrentar esta situação e apela aos sócios, instituições públicas e privadas para ajudarem o clube, que pode mesmo vir a ser extinto.

Marco Freitas quer voltar a vencer no ténis de mesa

Entre esta sexta-feira e domingo decorrerá no Pavilhão Multiusos de Gondomar a Taça da Europa de Ténis de Mesa. Na conferência de imprensa de apresentação do evento, Marco Freitas, (vencedor em 2014 e finalista vencido no ano passado) assume como objetivo voltar à final da competição.

Vit. Guimarães quer continuar na "onda" dos bons resultados

O Vitória de Guimarães visita este Sábado o Tondela, um jogo da 21º jornada da Liga. numa altura em que os vitorianos estão em zona europeia e o Tondela é o último classificado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS