Info

B. B. King e a memória do concerto que deu notoriedade internacional a Sabrosa

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Sabrosa, Vila Real, 15 mai (Lusa) -- Em Sabrosa recordou-se hoje o concerto de B. B. King que, em maio de 2010, deu notoriedade internacional ao concelho duriense, atraindo cerca de 23 mil pessoas e que foi uma noite de "bom negócio" para o comércio.

Passados cinco anos e no dia em que o "rei dos blues" morreu, foram muitos os que, em Sabrosa, lembraram a "noite memorável" que levou à vila gente como nunca antes se tinha visto.

Admiradores ou apenas curiosos, de longe ou de perto, novos ou velhos, foram muitos os que no dia 29 de maio de 2010 rumaram a este concelho do distrito de Vila Real, para assistir ao concerto gratuito de B. B. King, o último que o músico norte-americano deu em Portugal. Na altura, muitos residentes da vila não conheciam o artista, mas hoje praticamente toda a gente sabe quem ele é.

Maria Júlia Cabral seguia ao final desta manhã para casa com um saco de compras junto ao Parque B. B. King, nome que foi atribuído ao espaço na noite do concerto.

Vive mesmo ao lado e guarda, por isso, muitas lembranças daquela noite em que até foi entrevistada por jornalistas e apareceu na televisão.

Com medo dos empurrões preferiu ver o espetáculo da sua janela.

"Gostei muito do concerto, adorei. Já o conhecia da televisão e ele realmente era um grande artista. Aqui toda a gente gostou dele. Estava tudo cheio de gente por aí fora", afirmou à agência Lusa apontando para o parque relvado, onde crescem árvores e está instalado um espaço infantil.

Maria Júlia lembrou que, quando o artista português Tony Carreira atuou na terra, também juntou muita gente, "mas nada que se compare a B. B. King".

"Eu adorava-o como cantor. Adorei o concerto e esse é um dia inesquecível para mim", frisou Paula Nóbrega, que esteve "quase mesmo em cima do palco" para ver o músico.

A trabalhar num salão de cabeleireiro mesmo em frente ao Parque B. B. King, Paula referiu que tem na sua sala um quadro dessa noite "para nunca mais esquecer" e lamentou a notícia da morte do "rei dos blues" que chegou pela televisão.

Fernando Amaral não conhecia o músico nem as suas músicas. Depois do concerto ficou a gostar "até porque excedeu todas as expectativas".

Com uma loja dentro do mercado municipal, Fátima Barros lembrou à agência Lusa que, para essa noite, comprou cerca de 20 quilos de carne para vender bifanas e ainda teve que ir à procura de mais.

"Era tanta gente aqui que até faziam filas para comer", referiu.

Foi, na sua opinião uma "noite muito divertida". "Chamou para aqui muita gente, muita gente jovem, foi bom aqui para os comerciantes e fizemos aqui bom negócio", sublinhou.

A festa não decorreu só no espaço do concerto. Pela vila espalharam-se muitos grupos, e muitos deles acompanhados de violas que espalharam a animação.

"Sabrosa ganhou uma grande notoriedade à conta do concerto de B. B. King realizou. Foi a sua última digressão na Europa e foi o último concerto em Portugal", afirmou o presidente da autarquia local, José Marques.

O autarca contou que o músico norte-americano fez questão de levar a placa de inauguração do parque, o mesmo onde agora espera poder concretizar uma nova homenagem a B. B. King, colocando "um elemento escultórico" e realizando concertos de blues.

"Em muitos sítios onde vou, quer nacionais ou internacionais, quando se fala em Sabrosa há quase sempre alguém que diz 'eu estive lá no concerto de B. B. King'. Sabrosa está muito referenciada ao grande concerto desse expoente da música que acabamos de perder", salientou.

O concerto de 2010 foi proporcionado pela Rota do Vinho do Porto, com o apoio da autarquia de Sabrosa.

PLI // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Plano do Governo para alojar universitários é "mão cheia de nada"

O reitor da Universidade do Porto disse hoje que o plano do Governo para criar camas universitárias é uma "mão cheia de nada", porque as universidades vão ter de se "endividar junto da banca ou da Fundiestamo".

Marcelo Rebelo de Sousa recebido no Porto por protestos e ânimos muito exaltados de lesados do BES

O Presidente da República foi hoje recebido no Porto pelo protesto de bolseiros da Universidade do Porto, uma carta de precários da Lusa e ânimos muito exaltados de lesados do BES/Novo Banco, que o chefe de Estado prometeu receber.

Bombeiros Voluntários de Lourosa exigem demissão da direção e ameaçam abandonar serviço

O corpo ativo dos Bombeiros Voluntários de Lourosa, em Santa Maria da Feira exige a demissão da direção e ameaça abandonar o serviço.A guerra entre ambas as partes já dura há vários anos, mas viu-se agora potenciada pela demissão do comando.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.