Jornal Diário Jornal das 13

Aveiro na rota do tráfico humano

Aveiro na rota do tráfico humano
| Norte
Porto Canal

Mais de 80 potenciais casos de vítimas de tráfico de seres humanos em Portugal foram sinalizados no ano passado, dos quais 36 envolveram menores, segundo o relatório anual do Observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH), hoje divulgado.

O documento daquele organismo do Ministério da Administração Interna salienta que "é particularmente relevante, não só pela sua expressão numérica, mas principalmente pela sua dimensão humana, as potenciais situações que envolvem menores em Portugal".

Segundo o relatório, das 36 sinalizações de menores potenciais vítimas de tráfico de seres humanos, quatro são relativas a exploração sexual e 31 a exploração laboral, nomeadamente coação para a prática de furtos.

O OTSH adianta que 76 por cento dos menores sinalizados para exploração laboral têm idades inferiores a 10 anos, existindo quatro potenciais vítimas com um ano.

O relatório, que se baseou nas sinalizações feitas pelos órgãos de polícia criminal, indica também que três quartos dos potenciais casos de vítimas de tráfego de seres humanos em Portugal estão relacionados com situações de coação para a prática de furtos, designadamente a carteiras e residência.

Estas potenciais vítimas têm nacionalidade estrangeira e 18 são mulheres e 23 homens.

Quanto ao tráfico para exploração sexual foram sinalizadas 25 situações, sendo a maioria do sexo feminino e de nacionalidade estrangeira, adianta o relatório de 2012 do OTSH, salientando que até à data houve quatro confirmações de tráfico para fins sexuais.

Segundo o documento, são os distritos de Setúbal (31) e Lisboa (19) que agrupam a maioria dos casos sinalizados, existindo ainda registo de potenciais vítimas de tráfego de seres humanos em Santarém e Viseu (6), Aveiro (4) e Beja (3).

Foram ainda sinalizados 44 casos de cidadãos portugueses potenciais vítimas de tráfico de seres humanos no estrangeiro.

O relatório adianta que as vítimas portuguesas sinalizadas no estrangeiro são todos homens e dizem respeito a exploração laboral, nomeadamente na Alemanha e Espanha.

Segundo o Observatório, três casos já foram confirmados em Espanha e 35 eventuais situações de tráfico na Alemanha encontram-se em investigação.

Do total das 125 sinalizações efetuadas em 2012, 75 são vítimas estrangeiras e 50 de nacionalidade portuguesa, dos quais 44 são portugueses no estrangeiro.

+ notícias: Norte

CGTP anuncia queixa ao Ministério Público de alegada “tortura psicológica” por empresa da Feira

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) vai apresentar queixa ao Ministério Público contra a empresa de Santa Maria da Feira que acusa de exercer "tortura psicológica" sobre uma operária reintegrada por ordem judicia.

Atualizado 22-09-2018 12:37

Colisão entre dois carros provoca um morto e um ferido grave em Gondomar

Um colisão entre dois automóveis ligeiros provocou, este sábado, uma vítima mortal e um ferido grave, na EN108, em Zebreiros, Gondomar, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Valbom.

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque "já não tinha condições para continuar à frente da instituição", segundo disse o próprio ao jornal Público.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.