Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Preço da electricidade poderá subir mais do que 3,3% em 2015

| Economia
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 26 fev (Lusa) - Bruxelas alerta que o preço da eletricidade possa subir mais de 3,3% este ano e que os aumentos sejam superiores ao esperado nos próximos anos para que Portugal cumpra a meta de redução do défice tarifário em 2020.

No relatório que dá seguimento ao mecanismo de alerta de desequilíbrios macroeconómicos no âmbito do Semestre Europeu, hoje divulgado, a Comissão Europeia afirma que as medidas tomadas para diminuir o défice tarifário "parecem insuficientes para alcançar as metas" da redução do défice tarifário.

Bruxelas refere que o défice tarifário deve atingir um pico de 4.800 milhões de euros este ano, (estimativa que é superior em 400 milhões de euros ao inicialmente projetado para 2015), "o que implica que o aumento de 3,3% das tarifas de eletricidade em 2015 não vai ser suficiente para alcançar a meta de redução do défice até 2020".

Além disso, o aumento do défice tarifário "enceta um risco para o objetivo inicial das autoridades, [que era] de limitar as subidas de preço anuais entre 1,5% e 2% acima da inflação", referem os técnicos europeus.

"Isto significa que o objetivo de redução do défice em 2020 vai exigir tarifas persistentemente mais altas do que as que foram inicialmente projetadas", adverte o Executivo Comunitário.

O défice tarifário surge quando as receitas que se obtêm pela fatura da eletricidade não chegam para cobrir todos os custos associados.

SP/ND (JNM)// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixa 16,4% em julho

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixou 16,4% em julho, face a igual mês de 2016, para 416.275 pessoas, e 0,5% face ao mês anterior, segundo dados hoje divulgados pelo IEFP.

Representantes dos trabalhadores da PT/MEO marcam concentração para quinta-feira no Porto

Lisboa, 22 ago (Lusa) - Os órgãos representativos dos trabalhadores (ORT) da PT/MEO vão concentrar-se na quinta-feira, durante duas horas, no Porto "pela defesa dos postos de trabalho e da estabilidade social e laboral na empresa".

Trabalhadores da Sumol+Compal convocam greve e concentração em Pombal na terça-feira

Lisboa, 22 ago (Lusa) - Os trabalhadores da Sumol+Compal convocaram uma greve e uma concentração para terça-feira, dia 29 de agosto, em frente às instalações da empresa em Pombal, para denunciar o incumprimento do salário mínimo nacional.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...