Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Viana do Castelo lança isenção de um imposto municipal para atrair investimento

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Viana do Castelo, 21 jan (Lusa) - A maioria socialista na Câmara Municipal de Viana do Castelo vai propor, na quinta-feira, em reunião do executivo a isenção de IMT - Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, para incentivar à instalação de novas empresas.

O anúncio foi feito hoje, em comunicado, pela autarquia que justificou a medida com a necessidade de "criar um ambiente favorável ao investimento", classificando aquela isenção como um "mecanismo impulsionador do desenvolvimento das empresas e respetivas áreas de negócio".

De acordo com a câmara liderada pelo socialista José Maria Costa, aquele incentivo destina-se a "empresas com sede no concelho e que estejam em processo de relocalização, ampliação ou em investimento relevante".

Segundo a Câmara da capital do Alto Minho trata-se de um "reforço" ao pacote de incentivos lançado em 2010, e renovado para 2015.

A ser aprovada, na sessão ordinária do executivo de quinta-feira, a isenção de IMT irá juntar-se às reduções e isenções, já em vigor, das taxas para investidores de empreendimentos turísticos e acolhimento empresarial.

São ainda abrangidas as atividades económicas relacionadas com as fileiras da agricultura e floresta de base regional, a regeneração urbana e modernização de espaços comerciais, bem como os espaços de restauração e bebidas.

ABYC // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Alexandre Almeida diz que 'herdou' dívida de 110 milhões de euros do executivo do PSD

O presidente da Câmara de Paredes diz ter herdado da gestão PSD uma dívida de 110 milhões e por isso vai ser pedida uma auditoria à Inspeção Geral das Finanças por "indícios de ilegalidade".

Falta de ecopontos condiciona comerciantes em Bragança

Os comerciantes do centro histórico de Bragança denunciam a falta de ecopontos. Para muitos, os mais próximos estão a mais de 500 metros. A situação condiciona tanto moradores como comerciantes, que na hora de separar o lixo, optam por não o fazer.

Homem de 39 anos baleado à porta de casa em Fafe

Um homem suspeito de violência doméstica foi baleado pela GNR em Fafe. A patrulha da GNR tinha sido chamada por causa do comportamento violento do homem que ameaça a mulher e a filha. À chegada, terá puxado de uma faca, o que levou a GNR a disparar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS