Info

Nuno Crato apela a diálogo com PS sobre modelo de colocação de professores

Nuno Crato apela a diálogo com PS sobre modelo de colocação de professores
| Política
Fonte: Agência Lusa

O ministro da Educação, Nuno Crato, apelou hoje no parlamento a um diálogo com o Partido Socialista (PS) sobre o modelo de colocação de professores, defendendo que é necessária "mais transparência" nesse processo.

"É preciso transparência e não opacidade na colocação de professores. Julgo que seria muito interessante fazer um debate com o PS sobre a colocação de professores, mas esse é um debate para ser feito depois de corrigir os erros no imediato", declarou o ministro.

Nuno Crato falava perante os deputados, na comissão parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, numa audição regular perante uma sala cheia, e respondia a um repto lançado pela deputada do Partido Social-Democrata (PSD), Isilda Aguincha, que defendeu que "os professores querem trabalhar além das guerras político-partidárias de alguns".

"Faço o repto para que todas as forças políticas [devam] debater a questão da colocação de professores, para evitar que o ano letivo arranque sem todos os professores colocados", declarou a deputada.

Antes a deputada socialista Odete João acusou Nuno Crato de se ter transformado num "símbolo da incapacidade política e da anarquia ideológica".

"Este é o pior ano da educação em Portugal. O senhor ministro já conquistou, pelas razões que menos esperava, um lugar na história contemporânea da educação em Portugal", criticou a parlamentar do PS, acusando Nuno Crato e o secretário de Estado da Administração Escolar, Casanova de Almeida, de serem responsáveis por uma "tamanha trapalhada" para a qual se torna "difícil encontrar palavras para explicar o sucedido".

+ notícias: Política

Bloco de Esquerda diz que o negócio do El Corte Inglês é altamente lesivo para o Estado

O Bloco de Esquerda diz que o negócio do El Corte Inglês no terreno da antiga estação ferroviária da Boavista, no Porto é altamente lesivo para o Estado. O partido critica o facto dos contratos feitos entre a Infraestruturas de Portugal, ainda proprietária do terreno, e o grupo espanhol, "nunca terem sido disponibilizados".

Catarina Martins defende a eliminação das portagens no interior do país

O Bloco que Esquerda quer eliminar as portagens nas Scut do interior do país. Depois o PCP é a vez do Bloco defender o fim das portagens como forma de diminuir as assimetrias no interior do país.

Gestão dos rios portugueses. Mais um exemplo de centralismo?

A gestão dos recursos hídricos que está totalmente centrada na Agência Portuguesa do Ambiente, é mais um exemplo do centralismo em Portugal. A conclusão é de uma investigadora da Faculdade de Engenharia do Porto que concluiu que existe uma enorme disparidade entre Portugal e Espanha na forma como os rios são geridos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"Este mundo espantoso, inquieto e...

D'Mais

Hora do chá - o que é o...