Info

Volta a Portugal: Joaquim Gomes quer resolver problema da OFM-Quinta da Lixa

| Desporto
Fonte: Agência Lusa

Fafe, 29 jul (Lusa) -- O diretor da Volta a Portugal em bicicleta confessou hoje que tinha conhecimento dos problemas da OFM-Quinta da Lixa, mas que nunca pensou que a participação da equipa pudesse estar em causa na véspera do arranque da prova.

A OFM-Quinta da Lixa, que tem o vice-campeão de 2013, o espanhol Gustavo Cesar Veloso no seu plantel, está em risco de ser excluída da Volta a Portugal por não ter diretor desportivo.

"Não era uma novidade absoluta. Sabíamos que a equipa, nas últimas participações no calendário velocipédico nacional, já registava alguns problemas, nomeadamente entre os corpos sociais da União Ciclista do Sobrado e o responsável da equipa continental. Nunca imaginei que este tema pudesse ser arrastado para a véspera da Volta a Portugal", assumiu Joaquim Gomes à agência Lusa.

Para o diretor da Volta, o processo da OFM-Quinta da Lixa é "um pouco ingrato do ponto de vista da organização da própria Volta", porque julgava estar "tudo bem com a equipa".

"Infelizmente, assim não acontece, portanto estamos numa fase em que tentamos encontrar meios para que as alterações que, pelos vistos, ocorreram na equipa nestes últimos dias, quer a nível de adição de novos patrocinadores, quer a nível de uma alteração que poderá ou não arrastar alguma polémica -- que não é do interesse da organização -, que é a alteração do diretor desportivo, possam ser resolvidas", indicou.

Depois do despedimento de José Barros, que até esta segunda-feira era o diretor desportivo da equipa, a OFM-Quinta da Lixa tenta agora inscrever, junto da União Ciclista Internacional (UCI), o novo responsável, que deverá ser o antigo ciclista espanhol Jesus Rosendo.

"Há trâmites legais que obrigam à formalização destas alterações junto da Federação Portuguesa de Ciclismo e, depois desta, junto da União Ciclista Internacional (UCI) e estamos a espoletar a possibilidade de que, mesmo em cima da hora, esta situação seja resolvida, que o novo diretor desportivo possa estar na equipa e que o novo responsável financeiro, que até agora era o José Barros, possa ser substituído", explicou à Lusa.

Joaquim Gomes aguarda agora que o novo diretor desportivo cumpra os requisitos da UCI para que possa ser inscrito na FPC.

"Estamos focados em resolver este problema e espero que a equipa possa promover junto destes atletas a tranquilidade necessária para fazerem uma volta a Portugal que é muito exigente", concluiu.

AMG // NF

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

Presidente da República distingue seleção de futebol de praia campeã mundial

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu e distinguiu hoje a seleção portuguesa de futebol de praia, que se sagrou campeã mundial no domingo, ao vencer a congénere italiana na final da competição, disputada no Paraguai.

Atualizado 04-12-2019 11:41

Portugal vence Itália por 6-4 e leva terceiro título mundial de futebol de praia

Portugal sagrou-se hoje campeão do mundo de futebol de praia, ao vencer na final a Itália, por 6-4, em Assunção, repetindo os êxitos de 2001 e 2015.

Euro2020: Portugal integrado no grupo F, juntamente com França e Alemanha

A seleção portuguesa de futebol, detentora do título, ficou hoje inserida no grupo F do Campeonato Europeu de 2020, juntamente com Alemanha, França, campeã mundial, e uma seleção vinda do 'play-off', ditou o sorteio realizado em Bucareste.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.