Info

Volta a Portugal: David Blanco aposta nos amigos Gustavo Veloso e Delio Fernandéz

| Desporto
Fonte: Agência Lusa

Redação, 29 jul (Lusa) -- David Blanco, o recordista de vitórias na Volta a Portugal em bicicleta, apontou os compatriotas espanhóis Gustavo Cesar Veloso e Delio Fernandéz como os potenciais sucessores de Alejandro Marque no palmarés de vencedores.

Dir-se-ia que é uma questão de amigos. David Blanco venceu a quinta Volta, desempatou o número de triunfos com Marco Chagas, aposentou-se e, no ano passado, animou Marque serra acima rumo à Torre, na véspera do seu melhor amigo assegurar a vitória na maior prova velocipédica nacional.

Este ano, o galego, que vai ser motorista dos convidados da organização, não resistiu a indicar o nome de dois bons amigos para prolongar os resultados do clã na prova.

"Para o Veloso, penso que a Volta pode ser algo dura de mais e que podem pesar mais os problemas dentro da equipa do que outra coisa. O Delio está a subir de nível de ano para ano e tem muita ilusão, apesar de tudo, por isso penso que este pode ser o seu ano", disse à agência Lusa, sem nunca especificar os atrasos no pagamento de salários que são de conhecimento geral.

Sobre outro velho conhecido, o homem que lhe sucedeu no palmarés em 2011, Blanco hesitou.

"O Ricardo [Mestre] tanto pode estar muito mal como muito bem. É um bom amigo, mas emocionalmente é demasiado vulnerável. Penso que só regressando a Tavira [a equipa na qual os dois foram colegas] chegará outra vez o seu nível", disse.

Aos 39 anos, o galego, que agora trabalha na Guiné-Equatorial, olha para o pelotão português que tão bem conhece e não consegue ver Rui Sousa ganhar a Volta a Portugal.

"Realmente não sei o que pode fazer, é uma total incógnita. O seu rendimento durante o ano foi muito baixo, mas na Volta sempre aparece e aparecerá, o que já não sei é até onde pode chegar", analisou.

As mesmas dúvidas são-lhe suscitadas pelo outro líder da Rádio Popular-Onda, Daniel Silva, um ciclista que tem "muita qualidade", mas a quem falta "a vontade de querer ganhar".

"Isso acaba por fazer com que se conforme com lugares bons. É demasiado conformista, penso que pode fazer muito mais", assegurou à Lusa.

Quanto aos líderes da LA-Antarte, Blanco não vê "ninguém com capacidade de ganhar a Volta", mas, caso tivesse que escolher, apostaria em Edgar Pinto, devido ao traçado montanhoso desta edição, e excluiria o seu vice em 2012, Hugo Sabido, porque "demonstra, ano após ano, que na alta montanha acaba por falhar sempre algum dia".

Para o penta-campeão da prova rainha do calendário nacional, nenhum "estrangeiro" ameaçará o reinado das equipas portuguesas, nem mesmo nomes como Luis Leon Sanchéz (Caja Rural) ou Stefan Schumacher (Christina Watches-Kuma).

"Luisle e Schumacher não sabem onde se estão a meter. Calor, velocidade e, sobretudo, a montanha acabarão por fazer com que a única coisa que possam discutir seja alguma etapa ou o crono. Desde 2006 que nenhum 'estrangeiro' ganha a Volta e não penso que isso mude este ano", defendeu.

A 76.ª Volta a Portugal arranca na quarta-feira, em Fafe, e termina a 10 de agosto, em Lisboa.

AMG // NFO

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

Marta Paço: nunca viu o mar mas não vive sem o surf

Marta Paço nunca viu o mar e até aos 12 anos não sabia o que era o surf. A jovem vianense é cega desde nascença, condição que não a impediu de se aventurar nas ondas da praia do Cabedelo e até de conquistar medalhas em Campeonatos da Europa. O surf adaptado foi uma aposta do Surf Clube de Viana.

Óbidos recebe 3ª etapa da AEP Golf Business Cup

A terceira etapa da AEP Golf Business Cup foi disputada em Óbidos. O circuito da associação empresarial reuniu 56 empresários.

Presidente da República recebeu campeões mundiais de hóquei em patins em Belém

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu hoje os campeões mundiais de hóquei em patins no Palácio de Belém, em Lisboa, e enalteceu as características que fizeram dos jogadores "os melhores do mundo".

Atualizado 17-07-2019 12:17

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.