ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Morreu indígena da Bolívia Carmelo Flores Laura de 123 anos

| Mundo
Fonte: Agência Lusa

La Paz, 10 jun (Lusa) -- O índio aimará Carmelo Flores Laura, que, segundo as autoridades bolivianas, era o homem mais velho do mundo com 123 anos, morreu, devido a uma diabetes do tipo 2, anunciaram hoje fontes oficiais.

O médico Adalberto Segales, do centro de saúde da comunidade de Frasquia, no município de Achacachi, informou que Flores Laura morreu na segunda-feira às 21:00 locais (01:00 de terça-feira em Lisboa), depois de ter estado uma semana doente.

"O meu avô morreu na sua residência, onde estava aos cuidados do meu pai", disse o neto René Flores ao diário La Razón, citado pela Efe.

O Governo de La Paz considerou há uns meses atrás, Flores, um agricultor que vivia a cerca de 4.000 metros de altitude, como o homem mais velho do planeta.

Segundo as autoridades, Carmelo Flores Laura nasceu no dia 16 de julho de 1891, segundo os registos oficiais citados.

Em setembro passado o Presidente da Bolívia, Evo Morales, visitou o agricultor na sua casa de adobe, e anunciou que o Governo iniciara o processo necessário para que o livro dos recordes, "Guiness Book", o reconhecesse como o homem mais velho do mundo. O Governo não voltou a dar pormenores do encaminhamento da questão.

Quando o caso Flores Laura foi conhecido, a imprensa noticiou que o índio se alimentava principalmente de quinoa, uma planta autóctone que dá uns grãos, de cevada, batata, feijão e água proveniente de um lençol de neve perto da sua vila, e mastigava folhas de coca como qualquer índio da Bolívia, segundo a família.

Segundo a mesma fonte, o índio aimará aliviava as dores da artrite e outras doenças, com fricções de uma mezinha caseira, constituída por três cobras conservadas num frasco com álcool.

NL // SMA

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Putin diz que Rússia já registou vacina e que a filha foi inoculada. Vacina não completou a Fase 3

A Rússia tornou-se hoje o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. 

Covid-19: Vacina russa entra em circulação em 01 de janeiro de 2021

Moscovo, 11 ago 2020 (Lusa) - A primeira vacina a covid-19 registada no mundo, anunciada hoje pelo Presidente russo, Vladimir Putin, vai entrar em circulação em 01 de janeiro de 2021, segundo o Ministério da Saúde da Rússia.

Acidente com avião da Air Índia Express causa 14 mortos e 123 feridos

Pelo menos 14 pessoas morreram e 123 ficaram feridas, 20 delas com gravidade, depois de um avião da Air Índia Express ter saído da pista após aterrar no meio de chuva torrencial num aeroporto no sul da Índia, indicou a polícia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.