Info

Água e esgotos de Paços de Ferreira são os mais caros no Tâmega e Sousa

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Redação, 17 mai (Lusa) - Os munícipes de Paços de Ferreira são os que, no Tâmega e Sousa, pagam mais pelos serviços de água, esgotos e resíduos, atingindo os 282 euros anuais, revelam dados oficiais relativos a 2012.

De acordo com os indicadores da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), em Paços de Ferreira os encargos daquele conjunto de serviços suportados pelos munícipes pesam quatro vezes e meia mais do que no concelho de Cinfães, onde o custo anual é de 60,60 euros.

Os dados da ERSAR reportam-se aos custos imputados aos consumidores domésticos, num universo de 278 concelhos, para um consumo de água anual de 60 metros cúbicos.

Paços de Ferreira continua a ser o município da região onde a água é mais cara, representando um encargo anual de cerca de 136 euros, o sexto mais elevado do país. Em Paços de Ferreira, a água é sete vezes mais cara do que em Amarante, onde os munícipes pagam a tarifa mais pequena do território (19,20 euros por ano).

Os concelhos de Paredes e Penafiel também apresentam custos da água acima da média da região.

Também os encargos com o saneamento, em Paços de Ferreira, são os mais pesados do Tâmega e Sousa e ocupam a posição 11 em termos nacionais, ultrapassando os 93 euros, 11 vezes mais do que os cobrados em Resende (8,40 euros por ano).

Na componente dos resíduos domésticos, Felgueiras é o concelho mais caro, com um encargo anual para os munícipes de 73,44 euros, o oitavo mais elevado do país. Por aquele serviço, Felgueiras paga 5,27 vezes mais do que Baião, o concelho com as tarifas mais reduzidas (13,93 euros por ano).

No quadro dos custos globais dos três serviços, liderado por Paços de Ferreira, o segundo lugar é ocupado por Paredes, com 229 euros por ano, seguindo-se Lousada (197,26) e Penafiel (194,40).

No plano inverso, os custos mais baixos ocorrem em Cinfães (60,60), seguindo-se Resende (65,40) e Castelo de Paiva (87,72).

A média do custo destes serviços no conjunto dos 12 municípios é de 149,69 euros.

APM // MSP

Lusa/fim.

+ notícias: Norte

Região Norte regista mais de metade das novas infeções de Covid-19

Mais de metade dos novos casos de covid-19 contabilizados hoje situam-se na região Norte ao registar quase duas mil das 3.270 infeções das últimas 24 horas, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira com dever de permanência no domicílio

Os concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, onde os casos de covid-19 têm estado a aumentar nos últimos dias, vão ter em vigor o dever de permanência no domicílio a partir das 00:00 de sexta-feira, decretou hoje o Governo.

Centro Hospitalar Gaia/Espinho atinge lotação máxima de internados em cuidados intensivos

O Centro Hospitalar de Gaia/Espinho atingiu a lotação máxima de doentes internados em cuidados intensivos. Rui Guimarães, presidente do conselho de administração do centro hospitalar diz que no final de novembro haverá 28 novas camas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.