Info

"InterAge'14" da Universidade de Vila Real quer promover acessibilidade digital

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Vila Real, 07 mai (Lusa) -- A Universidade de Vila Real realiza no dia 15 a "interAGE´14" que visa sensibilizar para a acessibilidade digital e alertar para as dificuldades que pessoas com limitações físicas sentem para aceder a um computador ou à internet.

A ação decorre no Dia da Consciencialização de Acessibilidade Digital ou o "Global Accessibility Awareness Day", que foi criado por profissionais da área da acessibilidade com o objetivo de "pôr as pessoas a falar, pensar e aprender sobre acessibilidade digital (web, software ou dispositivos móveis) e pessoas com necessidades especiais".

A "interAGE'14" junta alunos e professores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e é, segundo afirmou hoje à agência Lusa a investigadora Tânia Rocha, uma "ação de sensibilização para a necessidade da existência de ambientes digitais acessíveis".

"O que é mais conhecido é a acessibilidade estrutural, física, como por exemplo de edifícios. Temos que dar a mesma importância às tecnologias, porque, e agora mais do que nunca, a nossa vida gira em volta da tecnologia", salientou.

A acessibilidade consiste na facilidade de acesso e de uso de ambientes, produtos e serviços por qualquer pessoa e em diferentes contextos. Por isso mesmo, esta iniciativa pretende sensibilizar também para o desenvolvimento de tecnologias inclusivas.

No centro comercial da cidade de Vila Real vão ser criados "postos de trabalho com limitações" onde todos vão ser convidados a experimentar situações especificamente criadas para sensibilizar para as dificuldades que pessoas com limitações físicas ou motoras sentem quando interagem com ambientes digitais regulares.

"Há pessoas que, em qualquer momento, por se terem magoado no braço ou na mão, não pode utilizar o rato ou não pode utilizar o teclado com a mesma destreza, então nós temos que assegurar que essas pessoas não sejam impedidas de aceder à tecnologia", exemplificou a professora.

Assim, nestes postos de trabalho será pedido para colocar uma mensagem na rede social Facebook, mas sem utilizar o rato do computador.

"Isto parece fácil, mas as pessoas vão ter que utilizar a tecla do Windows para abrir o menu inicial, utilizar a tecla TAB ou o Enter. Vamos fazer pequenas experiências de tarefas que nós fazemos no dia-a-dia, que tomamos como garantidas e que depois, quando nos falta um meio de interação ou algum tipo de funcionalidade básica, nós não conseguimos fazer ou demoramos muito mais a desempenhar", referiu Tânia Rocha.

A "interAGE'14" decorre no âmbito da unidade curricular de Acessibilidade e Usabilidade de Interfaces, da Licenciatura de Comunicação e Multimédia, da UTAD, e conta com a participação de alunos e professores de outros cursos.

A academia transmontana é uma das primeiras instituições portuguesas a participar "Global Accessibility Awareness Day", a par de Cidades como Boston, Los Angeles, Washington (EUA), Toronto (Canadá), Melbourne, Sydney (Austrália), Londres (Reino Unido), Mumbai (Índia), Doha (Qatar), Warsaw (Polónia).

PLI // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Hospital de Braga sem gastrenterologia: Governo diz que urgência noturna pode ser recuperada

O secretário de Estado da Saúde, Lacerda Sales, acredita que a urgência noturna do Hospital de Braga que está sem gastrenterologia pode ser recuperada e remete mais respostas para o conselho de administração do Hospital e para a Administração Regional de Saúde.

Autarca de Espinho diz que Eduardo Vítor Rodrigues não tem condições para continuar à frente da Área Metropolitana do Porto

O autarca de Espinho, Pinto Moreira, diz que Eduardo Vítor Rodrigues não tem condições para continuar à frente da Área Metropolitana do Porto. Em causa está o chumbo de um nome proposto pelo atual presidente para a Comissão Executiva do Órgao Intermunicipal.

Remoção dos resíduos perigosos depositados em São Pedro da Cova "vai finalmente avançar"

A remoção dos resíduos perigosos depositados em São Pedro da Cova, Gondomar, "vai finalmente avançar", disse hoje o presidente da câmara local, Marco Martins, revelando que o visto do Tribunal de Contas (TdC) que faltava chegou "esta semana".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.