Info

Covid-19: Timor-Leste regista um novo caso, importado pela fronteira terrestre

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Díli, 26 out 2020 (Lusa) -- As autoridades timorenses anunciaram hoje um novo caso positivo da covid-19, o 30.º do país desde o início da pandemia.

A coordenadora-geral da Comissão nacional de Controlo do Surto da Covid-19, Odete da Silva Viegas, disse em conferência de imprensa que o novo caso é um homem de 59 anos que entrou no país no passado dia 16 de outubro, tendo viajado depois para Díli onde estava em quarentena.

O paciente começou a mostrar sintomas na semana passada tendo sido testado, com o resultado positivo a ser confirmado hoje, explicou.

Já recuperado e com alta está o 29.º doente infetado, um homem que tinha chegado a Timor-Leste por via aérea, anunciaram hoje as autoridades. O país tem agora um caso ainda ativo.

Atualmente, 362 pessoas estão em quarentena em instalações ou hotéis do Governo, e 263 em autoconfinamento.

O Governo continua a realizar vigilância sentinela nos postos de saúde do país, testando todos os que se apresentam por sintomas de doenças respiratórias.

Desde o início da pandemia, as autoridades realizaram já mais de 10.600 testes à covid-19.

Timor-Leste está no seu sexto período de estado de emergência desde o inicio da pandemia -- que termina no inicio da novembro -, tendo o Governo solicitado a sua renovação por mais 30 dias.

 

ASP//MIM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Rússia anuncia eficácia de 95% da vacina Sputnik V

A Rússia anunciou hoje que sua vacina Sputnik V contra a covid-19, desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya em Moscovo, tem uma eficácia de 95% eficaz, segundo resultados preliminares.

Entidade europeia alerta que países que retirem medidas do Covid-19 para o Natal terão aumento de internamentos em janeiro

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na primeira semana de janeiro.

Covid-19: Vacina da AstraZenca/Oxford tem eficácia de 70%

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca e pela Universidade de Oxford tem uma eficácia média de 70%, segundo um comunicado hoje divulgado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.