Info

Visitas suspensas no Hospital Pedro Hispano em Matosinhos face à Covid-19

Visitas suspensas no Hospital Pedro Hispano em Matosinhos face à Covid-19
| Norte
Porto Canal com Lusa

As visitas a doentes internados no Hospital Pedro Hispano vão ficar suspensas a partir de sábado devido ao aumento de infeções associadas ao novo coronavírus, revelou hoje a Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM).

"Por se verificar uma nova fase ascendente da curva do número de casos de doentes positivos covid-19, deliberou o conselho de administração da ULSM a suspensão das visitas a doentes internados no Hospital Pedro Hispano a partir de 24 de outubro [sábado]", lê-se na nota publicada pela ULSM nas redes sociais.

A direção desta unidade de saúde acrescenta que se ressalvam da decisão "as situações previstas na lei e aquelas que os respetivos serviços considerem atendíveis, com caráter excecional".

O conselho de administração lamenta a decisão e pede "colaboração e atenção".

"Sabemos o quanto é difícil não visitar quem está doente e sabemos também que é ainda mais penoso não as poder receber, em especial quando se está internado num hospital. Mas a situação atual leva-nos a suspender as visitas aos doentes internados no Hospital Pedro Hispano", lê-se na mesma publicação.

Questionada pela Lusa, a assessoria de imprensa da ULSM remeteu os esclarecimentos para a informação colocada na rede social.

O concelho de Matosinhos, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde (DGS) com data de segunda-feira, regista 1.929 casos de infeção.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.276 em Portugal.

+ notícias: Norte

Portugal ultrapassou os 4.000 mortos desde o inicio da pandemia

Portugal ultrapassou hoje os 4.000 mortos relacionados com a covid-19 ao contabilizar nas últimas 24 horas mais 85 óbitos e 3.919 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.