Info

Estado da União: Von der Leyen quer um "novo começo" com EUA e Reino Unido

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 16 set 2020 (Lusa) -- A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, defendeu hoje serem necessários "novos começos com velhos amigos", de ambos os lados do Atlântico e do Canal da Mancha, referindo-se às atuais relações com Washington e Londres.

Durante o seu discurso sobre o Estado da União, perante o Parlamento Europeu, em Bruxelas, a presidente da Comissão, referindo-se à relação com os Estados Unidos, disse que a Europa pode "não concordar sempre com a Casa Branca", mas irá sempre "acarinhar esta relação transatlântica entre dois parceiros que partilham valores e ideais comuns.

Antes, durante a sua intervenção, já deixara uma crítica velada à atual administração norte-americana, ao orgulhar-se de, durante a crise da covid-19, a UE nunca ter adotado uma postura de "Europe first" ('Europa em primeiro lugar'), à imagem do lema do Presidente norte-americano, Donald Trump, de "America First".

Relativamente ao Reino Unido, e tendo como pano de fundo a atual tensão em torno da concretização do 'Brexit', face à 'ameaça' de Londres de desrespeitar o Acordo de Saída celebrado com a UE, a presidente do executivo comunitário exortou o Governo de Boris Johnson a não desrespeitar o compromisso, e citou a antiga primeira-ministra Margaret Thatcher.

"Passo a citar: 'o Reino Unido não viola Tratados. Seria mau para o Reino Unido, seria mau para as relações com o resto do mundo, e seria mau para qualquer futuro acordo comercial'. Fim de citação", afirmou Von der Leyen, acrescentando que "isso era verdade então e é verdade hoje", pois "a confiança é a fundação de qualquer parceria forte".

ACC/ANE // FPA

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Nagorno-Karabakh: Combates fazem pelo menos 23 mortos e sete civis feridos

Baku, 27 set 2020 (Lusa) -- Os combates de hoje entre o Azerbaijão e as forças separatistas apoiadas pela Arménia, em Nagorno-Karabakh, fizeram pelo menos 23 mortos, incluindo sete civis, de acordo com informações de ambas as partes.

Covid-19: Itália regista 1.766 casos de infeção nas últimas 24 horas

Roma, 27 set 2020 (Lusa) -- A Itália registou hoje 1.766 novos casos de covid-19, menos do que os 1.869 contabilizados no sábado, mas houve uma redução de quase 20 mil testes, de acordo com os dados divulgados pelo ministério da Saúde transalpino.

Macron acusa políticos libaneses de "traição coletiva" após falharem formação de Governo

Paris, 27 set 2020 (Lusa) -- O Presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou hoje que os partidos libaneses têm "uma última oportunidade" para cumprirem promessas, tomando nota da "traição coletiva" da classe política, que não conseguiu ainda formar um governo após a demissão do primeiro-ministro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.