Info

Portugal com 2.ª menor taxa de ofertas de emprego no 2.º trimestre

Portugal com 2.ª menor taxa de ofertas de emprego no 2.º trimestre
| Economia
Porto Canal com Lusa

A taxa de ofertas de emprego recuou para os 1,6% tanto na zona euro quanto na União Europeia (UE) no segundo trimestre, face ao período homólogo, com Portugal a apresentar a segunda menor (0,7%), segundo o Eurostat.

Tanto na zona euro quanto na UE, entre abril e junho, os postos de trabalho disponíveis para desempregados recuou para os 1,6% quer face aos 2,3% homólogos, quer aos 1,9% registados no primeiro trimestre.

Segundo o gabinete estatístico europeu, as maiores taxas de ofertas de emprego foram observadas na República Checa (5,4%), Bélgica (3,1%), Áustria (2,6%) e as mais baixas na Grécia (0,3%), Portugal, Irlanda, Espanha, Polónia e Roménia (0,7% cada).

Face ao segundo trimestre de 2019, os posto de trabalho disponíveis recuaram em 25 Estados-membros, mantiveram-se estáveis na Bulgária e aumentaram 0,1 pontos percentuais em França.

+ notícias: Economia

Covid-19: Governo prolonga prazo das moratórias de crédito até setembro de 2021

O Conselho de Ministros decidiu hoje prolongar por mais seis meses, até 30 de setembro de 2021, o prazo das moratórias de crédito às famílias e empresas que terminava em 31 de março.

Número de desempregados inscritos sobe 34,5% em agosto

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 34,5% em agosto em termos homólogos e 0,5% face a julho, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.